Digidog: cão-robô da polícia de Nova York é removido das ruas após reações negativas





Já vimos diversos usos para os robôs da Boston Dynamics, um youtuber até adaptou um deles para servir cerveja de um jeito diferenciado. Muitas dessas soluções agradaram, mas não foi o caso com a polícia de Nova York, que começou a utilizar o Spot em operações, mas infelizmente ele precisou ser removido das ruas após reações negativas da população.



O Spot da Boston Dynamics ainda estava em fase de testes pelo departamento de polícia de Nova York. Um vídeo até viralizou na internet onde ele foi mostrado em ação durante uma invasão domiciliar em Manhattan.

Infelizmente a recepção foi muito ruim. Até mesmo o vereador Ben Kallos chegou a afirmar que o chamado "Digidog" parece ter saído de um episódio de Black Mirror chamado Metalhead, que foi lançado em 2017.





Dentre as críticas, estão sob a militarização cara e excessiva para o departamento de polícia. Citando em números, o contrato do Departamento com a Boston Dynamics era de US$ 94 mil, mais de R$ 511 mil em conversão direta.

Em resposta a má recepção, o contrato foi encerrado na semana passada, em 22 de abril.

Por outro lado, John Miller, vice-comissário de inteligência e contraterrorismo de Nova York, ainda defende o uso do Digidog, afirmando que outras unidades especializadas já fazem o mesmo há aproximadamente 50 anos, como é o caso do esquadrão antibombas, que também utiliza robôs para suas operações com intuito de proteger policiais de situações de risco.



Michael Perry, da Boston Dynamics, afirmou ainda que 500 robôs do modelo Spot já estão em circulação pelo mundo, mas somente 4 deles estão sendo utilizados pela polícia.

Nossos robôs não foram projetados para serem usados ​​como armas, infligir danos ou intimidar pessoas ou animais.

A maioria dos robôs da Boston Dynamics são destinados a utilização em canteiros de obras, serviços públicos e ambientes que não envolvem situações perigosas.


Retirado de: Techtudo

Postar um comentário

0 Comentários