Home » »
Após negociações de quase duas horas, assaltantes de Correios na PB liberam reféns e se entregam a polícia

Após negociações de quase duas horas, assaltantes de Correios na PB liberam reféns e se entregam a polícia

NF quarta-feira, 27 de abril de 2016 | 13:31:00


anigif-fgcell

Terminou por volta das 11h desta quarta-feira (27) a tentativa de assalto cm reféns à agência dos Correios de Cruz das Armas, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, após uma negociação de quase duas horas, os assaltantes resolveram se entregar e libertar os funcionários e clientes que eram mantidos reféns no local.

De acordo com o coronel Lívio Delgado, da Polícia Militar, três pessoas foram presas e quatro armas apreendidas. Um dos suspeitos detidos teria participado de um assalto à agência dos Correios de Juarez Távora que fez o gerente refém por pelo menos 72 horas, e os outros dois são suspeitos de ser foragidos de um presídio do Rio Grande do Norte. Os presos e o material apreendido foram levados para a sede da Polícia Federal, em Cabedelo.

Segundo o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), por volta das 9h o órgão foi acionado com informações de que havia um assalto no local. Três unidades da PM foram enviadas para o local e conseguiram fazer o cerco ao prédio antes que os assaltantes saísse.

Ainda de acordo com o Ciop, o prédio foi cercado por policiais militares e federais além de agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais da PM (Gate). O órgão explica que os assaltantes teriam solicitado a presença de advogados da comissão de direitos humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para participar da negociação.

De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), por causa do assalto, a rua ficou com vários carros da polícia e do Samu, bem como uma concentração grande de pessoas. O trânsito no local foi bloqueado e a via só foi liberada após a negociação, por volta das 11h20.


anigif-noticias22
artesenovidades

SHARE

About NF

0 comentários :

Postar um comentário