Home » » DENÚNCIA: Vendedores ambulantes estão proibidos de vender seus produtos na Ilha durante a festa de hoje 31

DENÚNCIA: Vendedores ambulantes estão proibidos de vender seus produtos na Ilha durante a festa de hoje 31

NF terça-feira, 31 de dezembro de 2013 | 09:19:00



Por Caicódigital.com - Filha de vendedor ambulante de Caicó desabafa em rede social, falando que nem pagando os vendedores conseguem entrar na ilha para comercializar seus produtos durante a festa de hoje dia 31, veja abaixo o desabafo:

Veja o que estar acontecendo em caicó: Peço desculpa por usar esse espaço para fazer um relato q não tem nada a ver com vcs, mais gostaria de levar ao conhecimento do publico o que estar acontecendo aqui na nossa querida caicó.

Meu pai é vendedor de cachorro-quente e tira seu sustento vendendo em festas e pequenos eventos q acontece aqui na nossa cidade e na região, no dia 31 vai ter uma festa da virada de ano na ilha de sant'ana, porem a administração da ilha não aceita q as pessoas honestas e trabalhadoras possam ir vender seus produtos lá na festa, pois entregaram a ilha apenas para duas pessoas trabalharem com bar mais o administrador da ilha e uma empresa de cerveja, essas são as únicas pessoas q vão poder comercializarem os produtos durante a festa.

Fiquei indignada com esta situação pois a ilha é um lugar publico e q era pra ser de todos, sempre q tinham eventos lá os vendedores ambulantes, podiam vender lá, sem contar q na festa de sant'ana e carnaval pagaram uma taxa de R$ 100,00 o metro quadrado para poder colocar suas barracas, mais pelo menos podiam e arriscar em ganhar alguma coisa, e agora nem pagando podem entrar na ilha para ir trabalhar, pois a administração da ilha vendeu a locação para apenas 2 pessoas e uma empresa de cerveja e seu próprio administrador também estar comercializando produtos lá dentro.

A ilha é um espaço publico q todos deveriam ter o direito de trabalhar lá dentro, mesmo q seja cobrada uma taxa, mais q todos possam escolher se querem trabalhar lá ou não. sem falar q na campanha muitas promessas foram feitas aos vendedores ambulantes, q iriam ter taxas menores para vender lá dentro da ilha e q o pequeno vendedor não iria pagar, agora nem se quer os ambulantes tem o direito de entrar lá dentro da ilha para trabalhar. isso é uma vergonha. peço q compartilhe para mostrar q ate os espaços públicos estão sendo vendidos na nossa cidade, proibindo q todos possam ter o direito de trabalhar.



SHARE

About NF

7 comentários :

  1. Isso é uma palhaçada. Políticos bastardos!

    ResponderExcluir
  2. Isso deve arrumadinho político com donos de quiosques, messa hora Roberto Germano ñ resolve nada, acho pura covardia, pq promete tanto nas campanhas e depois vira as costas, cuidod q dor de barriga nao so da uma vez senhor Roberto, bem q Manoel Torees falou Germano nunca mais..... presta p nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpa meus erros, isso é a raiva que é grande

      Excluir
  3. Só o fato do administrador comercializar produtos na ilha se configura improbidade administrativa, usando o patrimônio público a seu bem pessoal. Cabe denúncia no Ministério Público.

    ResponderExcluir
  4. algum vereador já se manifestou sobre isso?

    ResponderExcluir
  5. Mas não é de agora que a ilha virou um ponto particular de um certo administrador, até as "festas" de rock ele proibiu porque ele não aceita!!!

    ResponderExcluir