Home » » Confusão entre desembargador e garçom mobiliza redes sociais

Confusão entre desembargador e garçom mobiliza redes sociais

NF segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 | 14:31:00


O assunto tomou conta de redes sociais e é um dos mais comentados em Natal. Na manhã de ontem (29), uma das padarias mais conceituadas da capital potiguar foi palco de uma discussão acalorada entre um desembargador, um garçom do estabelecimento e clientes. De acordo com pessoas que estavam no local durante a confusão, o incidente começou quando o funcionário da padaria teria entregue um copo descartável com pedras de gelo ao desembargador do Tribunal de Justiça do RN, Dilermando Mota, que por sua vez, teria maltratado o atendente com insultos, cena que causou a comoção de vários clientes que interferiram a favor do garçom.

Segundo o empresário Adelino Marinho, proprietário da padaria, o ocorrido aconteceu por volta das 9h30 e durou cerca de 45 minutos. “Não estava no início, mas cheguei a tempo. Fui informado que o garçom levou o copo descartável com gelo e o desembargador teria pedido um copo de vidro, mas o garçom não teria ouvido e ele foi ao encontro do garçom já com insultos”.

Adelino também conta que mesmo com o destempero do magistrado, o funcionário não teve reação nenhuma e chegou a cair no choro. Foi nesta hora, que houve uma comoção no lugar e um cliente, em especial, chamado Alexandre, não se conteve e interveio na situação. “Este cliente tomou as dores. Ele e o desembargador ficaram muito exaltados. Foram várias ofensas e se não houvesse pessoas para tentarem acalmar os ânimos poderia haver agressão física. O desembargador chamou a polícia e chegaram quatro viaturas para prender o cliente. O responsável pelo destacamento deu voz de prisão, mas a mobilização dos clientes foi imediata e teve uma senhora que até se abraçou no Alexandre e disse que se ele fosse preso, ela também seria”, contou Marinho.

O empresário ainda explicou que a polícia não efetuou a prisão e o desembargador junto com a polícia foram para o estacionamento aguardar a saída do Alexandre, que ficou dentro da loja. “Os clientes não quiseram ir embora e foram muitos solidários ao Alexandre. No fim das contas a polícia foi embora. Vivemos num mundo globalizado e recebi ligações de fora, até de Porto Alegre, comentando o que aconteceu, que os vídeos já estavam com milhares de visualizações nas redes sociais.

Mas é importante ressaltar que a opinião pública julga primeiro do que a justiça. Espero que o ocorrido sirva de exemplo para não acontecer mais. Embora visemos um alto padrão no atendimento, erros acontecem e de repente um cliente pode ter sido atendido de uma maneira que não tenha gostado. Mas neste caso, houve ofensas morais e um erro não justifica o outro”, pontuou Adelino Marinho.

Na manhã desta segunda-feira (30), o ambiente estava tranqüilo na padaria e a equipe de colaboradores de ontem já não era mais a mesma desta segunda-feira (30), devido ao sistema de escala. Segundo a direção da empresa foi concedida folga ao garçom envolvido na confusão, devido ao abalado estado emocional em que se encontra.

Clientes e garçons da padaria estão se mobilizando através das redes sociais para promover um “abraço aos garçons”, a partir das 8h do próximo dia 8 de janeiro, como uma forma de protesto.

O desembargador Dilermando Mota ainda este ano assumirá a presidência do Tribunal Regional Eleitoral, em tempo de presidir as eleições de outubro. O desembargador se pronunciou através de uma nota de esclarecimento e afirmou que “um simples e moderado pedido de esclarecimento de um cliente a um garçom, que já havia sido solucionado, gerou uma reação de um terceiro com ameaças, gritos e total desrespeito ao público presente”.

Ainda segundo a nota, “não houve abuso de autoridade, mas somente uma atitude de defesa pessoal e da filha presente, inclusive uma filha menor de dois anos de idade. Sem nenhum propósito revanchista, as medidas judiciais cabíveis serão adotadas”.

Já no final da manhã de hoje, a padaria Mercatto publicou uma nota oficial reafirmando o compromisso de um trabalho diário de dedicação e cuidado, qualidade no atendimento, zelo aos clientes e lamentando o episódio que aconteceu nesse domingo. Ainda segundo a nota, a empresa está oferecendo todo o suporte necessário ao funcionário envolvido no episódio e está à disposição das autoridades para qualquer tipo de esclarecimento.

Veja o vídeo gravado por um cliente:


Fonte: Jornal de Hoje


SHARE

About NF

0 comentários :

Postar um comentário