quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Em luta contra câncer, Beto Barbosa lamenta anos de vício em tabaco



Beto Barbosa, de 63 anos, lamentou os anos de vício em tabaco em um post no Instagram. O cantor, que está em tratamento de um câncer, aproveitou o Dia Nacional de Combate ao Fumo, nesta quarta-feira (29), para falar sobre os efeitos do fumo.

"Pena que não acreditei nos seus efeitos nocivos e, por muitos anos, envenenei meu corpo achando que seus efeitos psicológicos me acalmavam a cada café. Havia parado, mas os extragos se tornaram atômicos e reias", contou ele.

A estrela da lambada, que foi diagnosticado com câncer na bexiga e na próstata, ainda relembrou a descoberta da doença. Os sintomas começaram no ano passado.

"Errei também na escolha de quem me tratou por um ano em Fortaleza como se eu tivesse apenas infecção urinária e um ano para o câncer é uma vida que se vai se os 50% vencer os 50% de chances de cura. Agradeço mais uma vez a Deus e aos médicos do Einstein, doutor Longo e doutor Fernando Mafuf e sua equipe de médicos, psicólogos, dentistas e enfermeiros, para que eu possa neste momento suportar as químios e o tratamento de cura que já estou enfrentando."

O cantor contou que tem lidado com o câncer com muita esperança. Ele ressaltou que a doença não lhe roubou a vontade de viver.

"Continuo suportando tudo com a felicidade mágica de Deus, sem reclamações por tantas mudanças inesperadas da noite para o dia. Graças a Deus, o câncer ainda não me roubou a vontade de viver e vencer a cada dia. A meta é continuar malhando o corpo e a mente todos os dias para que os shows de contrato aconteçam em nome de Deus, fãs, amigas, amigos, familiares e empresários que nos ajudam nestes 33 anos de carreira. Obrigado Brasil por tudo! Amo vocês! Bom dia. Deus sempre", disse ele.

No dia 26 de agosto, Beto anunciou por meio de sua rede social que tinha iniciado a quimioterapia para o tratamento do câncer.

"A primeira quimioterapia terminou ontem as 22 horas. Consegui suportar bem as três primeiras doses. Hoje acordei sentindo um pouco de tremor nas pernas e nos braços, mas no geral estou me sentindo super bem. Todos os órgãos funcionando 100%. Já tomei café e a pouco almocei , esperando liberação da equipe médica para ir para casa. Ficarei recebendo as outras doses a cada semana intercalando duas semanas sim e duas não por mais uma semana até completar o ciclo determinado pela equipe do Dr. Fernando Maluf. O câncer começou a ser combatido e o remédio principal é DEUS, meus FÃS, amigos, amigas e meus familiares", escreveu ele na ocasião.

O cantor ainda contou que os médicos o liberaram para continuar se apresentando desde que ele mudasse sua alimentação. Ele também explicou que aderiu ao uso de uma touca que resfria couro cabeludo durante sessão de quimioterapia e protege folículos capilares.

"Os médicos me permitiram cantar de acordo com o andamento do meu corpo se não houver queda de imunidade, porque a quimio destrói as células doentes e também as células boas, por isso vou precisar de uma alimentação balanceada e controlada para não deixar o copo debilitado e frágil. Não posso deixar de praticar exercícios aeróbicos e principalmente, não posso deixar de cantar porque o palco diante de vocês será minha fonte de energia e vitamina para que meu corpo e minha mente se renove de alegria de cura. É claro que: não vou poder dançar tanto, mas cantar de todo o coração para vocês eu prometo. A touca na cabeça que aparece na foto é congelada para tentar previnir a queda de cabelo na hora da aplicação da quimio. Por hora são essas. Obrigado pelas orações e mensagens de apoio e solidariedade que recebi e continuo recebendo de vocês e da imprensa. Que Deus nos abençoe sempre com saúde e grandes vitórias. AMO VOCÊS."





Curta nossa Página

Nenhum comentário:

Postar um comentário