sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Decisão do STF põe fim a ações contra a Guararapes e mantém contratação de facções têxteis no interior do RN



O Grupo Guararapes, do Rio Grande do Norte, é uma das empresas envolvidas em alguns do 4 mil processos em tramitação, questionando a terceirização irrestrita na contratação de serviços.

O grupo comandado pelo empresário Flávio Rocha se defendia na justiça na intenção de manter o trabalho de facções têxteis no interior do Rio Grande do Norte, que hoje garantem a produção que a fábrica necessita, e o emprego a milhares de famílias.

Com a decisão do STF, de acordo com a defesa do grupo potiguar, fica tudo resolvido.

Com a terceirização liberada, segundo a defesa do grupo, acabou a “subordinação estrutural” que o Ministério Público do Trabalho defende.





Curta nossa Página


Nenhum comentário:

Postar um comentário