segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Cantor que chamou Jesus de ‘bicha’ e ‘travesti’ recebe apoio da ONU



Após ter usado um show em Pernambuco para dizer que Jesus era travesti, o cantor Jonnhy Hooker causou polemica nas redes.

O artista fez a comparação em crítica à censura de peça que traz um transexual no papel de Jesus. A obra foi vetada em Pernambuco.

A declaração causou ojeriza e levou, inclusive, o advogado Jethro Ferreira a ingressar com notícia-crime.

No Twitter, no entanto, o perfil oficial da ONU entrou na briga.

“Usando a arte para sensibilizar a sociedade sobre os direitos das pessoas #LGBTI, o cantor @JohnnyHooker é Campeão da Igualdade da Campanha #LivreseIguais no Brasil”, escreveu o perfil no Twitter.







Curta nossa Página


Nenhum comentário:

Postar um comentário