[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Tamanho do botão é passado: Trump diz estar pronto para conversar com Kim Jong-un



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que está pronto para conversar e negociar com o líder norte-coreano Kim Jong-un, acrescentando que, no entanto, existem certas condições prévias para tais negociações.


Neste sábado, Trump foi convidado durante uma conferência de imprensa para falar se ele estava disposto a conversar por telefone com o líder norte-coreano.

"Eu sempre acredito em conversar. Nossa posição, você sabe o qual é. Somos muito firmes […] mas eu seria — absolutamente, eu faria isso. Nenhum problema com isso, de forma alguma", disse Trump a jornalistas, citado pela CBS News.

Nesta semana, Trump e Kim se envolveram em um novo duelo de palavras. Depois do líder norte-coreano falar que tinha um botão em sua mesa que poderia dar início a uma guerra nuclear, o presidente dos EUA rebateu, afirmando que o seu botão nuclear seria "maior".

Ao mesmo tempo, Trump observou que os Estados Unidos não estavam prontos para conversar sem quaisquer pré-requisitos.

Em dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, declarou que Washington estava disposto a negociar com a Coreia do Norte, desde que Pyongyang parasse seus testes nucleares e de mísseis.

As tensões na Península da Coreia subiram recentemente devido aos repetidos testes nucleares e de armas realizados por Pyongyang em violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

O diálogo entre a Coreia do Sul e o Norte foi retomado neste semana e teve como tema central a questão da participação dos atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, que acontecem em fevereiro na Coreia do Sul.

"Eu adoraria vê-los levar [o diálogo] para além das Olimpíadas", disse Trump. "E, no momento apropriado, vamos nos envolver". Ele acrescentou que, se algo pudesse sair das conversações, "isso seria uma ótima coisa para toda a humanidade".

No próximo dia 9, é aguardado um encontro entre delegações dos dois países na aldeia fronteiriça de Panmunjom, na primeira reunião de alto nível em anos.





Curta nossa Página

Start typing and press Enter to search