quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

SBT Brasil desbanca concorrentes da Record e Band, bate recordes e tem audiência histórica no Brasil



O ano de 2017 foi muito proveitoso para o SBT Brasil, principal informativo do canal de Silvio Santos. Além de seu recorde anual, a atração venceu os principais jornais da Record e da Band.


Segundo dados consolidados do Kantar Ibope, ao longo do ano passado cada edição do telejornal da TV de Silvio Santos foi vista, por pelo menos um minuto, por uma média de 6 milhões de pessoas.

2017 foi o ano do recorde anual de audiência da atração desde a sua criação, em 2005, quando era comandado por Ana Paula Padrão. No total, foram 6,4 de média no PNT (Painel Nacional de Televisão) no ano passado.

SAI RACHEL

Rachel Sheherazade, âncora oficial do SBT Brasil, ao lado de Carlos Nascimento, foi afastada do telejornal. O motivo? A famosa machucou o pé esquerdo e precisará ficar de repouso.

De acordo com o colunista Flávio Ricco, Rachel deve permanecer de licença médica por uma semana. Após isso, ela volta a comandar a atração normalmente.

Na noite desta última segunda-feira, 15 de janeiro, alguns internautas, inclusive, notaram a ausência da loira, que foi substituída por Marcelo Torres.

RACHEL DETONA BOLSONARO E GERA REVOLTA

Jornalista do SBT Brasil, Rachel Sheherazade realmente parece não ter problemas em se ver envolvida em polêmicas. Desta vez, a âncora resolveu atacar justamente Jair Bolsonaro, político que defende ideias semelhantes às suas.

“Convido os seguidores de Bolsonaro, Lula ou quaisquer outros “messias” a desfazerem amizade e deixar minha página limpa. De nada!”, escreveu ela em postagem no Facebook. “Melhor JÁ IR vazando!”, disse ela em outro post.

“Estou amando as “manifestações” dos eleitores bolsonarianos. Continuem vomitando sua essência. Facilita e muito minha faxina! Faxina no face a todo vapor! Continuem se manifestando para que meus administradores possam localizá-los. De nada! Aviso aos Bolso haters. Fazendo o favor de descurtir a página. Tem gente boa querendo amizade e faltam vagas!”, publicou a jornalista.

Esses comentários inesperados surpreenderam pois grande parte dos eleitores do Bolsonaro defendem ideias propagadas pela comentarista, como quando ela defendeu a tortura de um rapaz amarrado em um poste.




Curta nossa Página