[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Suspeito de corrupção, deputado do MT sai de casa só de pijama pouco antes da chegada da PF



As câmeras de segurança do prédio onde mora o deputado estadual Gilmar Fabris (PSD), preso há duas semanas na Operação Malebolge, flagraram o político saindo às pressas de casa, em Cuiabá, pouco antes da Polícia Federal (PF) chegar ao local. No dia 14 de setembro, os agentes cumpriam um mandado de busca e apreensão determinado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).


Após pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), autorizado pelo ministro do STF Luiz Fux, Fabris acabou sendo preso. Na solicitação, o órgão afirmava que o deputado soube da operação e por isso decidiu deixar o apartamento. Ele está preso no Centro de Custódia da Capital (CCC).

O vídeo mostra o político e a esposa pegando o elevador às 5h34. De pijama e chinelos, ele carrega uma mala. O casal deixa o prédio de carro 20 minutos antes da chegada da PF.

Quando questionados sobre as imagens, os advogados de defesa disseram que o deputado explicará em juízo.

A Operação Malebolge investiga corrupção passiva, lavagem de dinheiro, sonegação de renda e organização criminosa por receberem “mensalinhos” para facilitar projetos e obras do governo do Mato Grosso. Além de Frabis, outros sete deputados do Estado foram alvo da operação.

Os crimes foram denunciados pelo ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB).

Este não é a primeira vez que o deputado é visto em situação comprometedora. Ele também apareceu reclamando do valor de uma suposta propina em imagens entregues à PGR por Barbosa .

Fonte: Notícias ao Minuto


Curta nossa Página

Start typing and press Enter to search