sábado, 21 de outubro de 2017


O vendedor José Antônio Arruda, de 40 anos morador do bairro Nova Caicó, alegou que teria comprado o roteador da empresa Brisanet por R$ 30,00 no sábado no Beco da Troca de um desconhecido e estava vendendo por R$ 50,00. Tendo conhecimento que o equipamento é entregue em sistema de comodato (emprestado) para o cliente após assinatura de contrato e não pode ser vendido os policiais militares conduziram o vendedor com o aparelho até a sede da empresa.


Após contato com gerente, funcionários descobriram através do rastreamento da numeração do aparelho que a cliente, que deveria estar com o equipamento, morava no bairro Nova Caicó. Ela teria vendido o aparelho após o bloqueio da Internet por falta de pagamento e se mudado da residência.

Foi feito o registro do fato na delegacia e o gerente conseguiu reaver o aparelho que segundo ele vale R$ 430,00 e não pode ser usado por nenhum outro operador de fibra ótica, ou seja, só quem consegue usar o equipamento é a própria empresa e ninguém mais.

Do Caicó Na Rota da Notícia



Curta nossa Página