[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Chega a dez o número de mortos em incêndio em creche, em Minas Gerais



Neste sábado (7), morreu mais uma das crianças vítimas do incêndio da creche em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, chegando a dez o total de mortos. Ela estava internada em estado grave no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Dos dez mortos, oito são crianças , uma é a professora e o décimo é autor do atentado, vigia da creche.


A criança que morreu é uma menina de 4 anos, que havia sido transferida de Montes Claros, no Norte do estado, para Belo Horizonte, nesta madrugada. Doze crianças e duas mulheres seguem internadas em hospitais de Belo Horizonte. Quatorze crianças vítimas do ataque receberam alta do hospital na manhã deste sábado (7).

O vigia da creche, Damião Soares dos Santos, incendiou o local na quinta-feira (5), ateando álcool e fogo nas crianças e nele mesmo. Ainda não se sabe o motivo do ataque. A professora que morreu, Helley Abreu Batista, de 43 anos, chegou a tentar impedi-lo fisicamente, e ajudou no resgate de crianças. Contudo, não resistiu aos ferimentos. Ela foi enterrada com honras de heroína.

O médico responsável pela equipe médica que atendeu as vítimas, Helvécio Albuquerque, disse que graças à “atuação conjunta de polícias, Corpo de Bombeiros, profissionais da saúde e de voluntários, além da sociedade civil, foi possível fazer todos os atendimentos e encaminhamentos necessários”.

Segundo Albuquerque, além do atendimento imediato, as vítimas vão precisar de uma série de cuidados, devido às queimaduras, e de acompanhamento psicológico, tanto para as vítimas quanto para as famílias. Segundo Albuquerque, quatro pessoas estão com 80% ou mais do corpo queimado, sendo que queimaduras que atingem acima de 70% do corpo são consideradas gravíssimas.

A prefeitura reforçou a necessidade de doações, que servirão tanto para questões imediatas quanto para garantir a qualidade do acompanhamento futuro das vítimas e famílias. Até o momento, foram arrecadados R$ 177 mil. A prestação de contas deverá ser feita mensalmente ao Ministério Público.

Fonte: Agência Brasil




Curta nossa Página

Start typing and press Enter to search