quinta-feira, 28 de setembro de 2017

43% dos brasileiros defendem a volta da intervenção militar, diz pesquisa



Pesquisa de opinião exclusiva feito pelo Instituto Paraná Pesquisas a pedido da coluna detectou que 43,1% dos brasileiros defendem a volta da intervenção militar provisória ao Brasil. 51,6% são contra e 5,3% não sabem ou não responderam.


A coluna encomendou o levantamento após perceber o apoio de internautas às declarações do general Antonio Mourão, que há duas semanas defendeu em palestra uma intervenção e não foi punido pela fala.

O resultado da pesquisa deixou o diretor do instituto, Murilo Hidalgo, surpreso com os números.

— Em 27 anos de pesquisas de opinião é o resultado que me deixou mais surpreso. Mas é importante lembrar que fizemos essa mesma pergunta em dezembro de 2016 e o apoio foi de 35%, então há um apoio crescente.

O apoio à volta da ditadura militar é maior entre os jovens de 16 a 24 anos, quando chega a 46,1% (numericamente empatado com os que se dizem contrários, que são 47,8%) e menor entre os mais velhos, de 60 anos ou mais, com 37,2% de apoio à volta da ditadura e 56,2% contrários. O motivo pode ser o fato de os mais jovens não terem vivido durante o regime militar.

— As pessoas que defendem querem ordem. O perigoso é que há uma parcela grande da população que não viveu a ditadura e não sabe como foi e tem uma sensação de que era melhor. Não pensa que em um regime militar eu e você estaríamos presos só de estar falando sobre isso, fazendo e divulgando a pesquisa.


Por escolaridade, o apoio à volta da ditadura é maior entre os menos escolarizados, com 44,4% de favoráveis à volta do regime e 38,9% de apoio entre os entrevistados de nível superior. Entre entrevistados que trabalham e os que estão desempregados não houve muita diferença: apoio de 43,6% entre os que estão no mercado de trabalho e 42,1% entre os que estão fora.

Já entre as regiões, Norte e Centro-Oeste concentram o apoio à volta da ditadura militar com 44,8%, seguido de Sudeste, com 43,2%, Nordeste com 42,9% e Sul com 41,1%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 28 de setembro de 2017 com 2.540 brasileiros de 16 anos ou mais por meio de questionário online. O grau de confiança de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para os resultados gerais.

Coluna do Fraga – R7



Curta nossa Página