[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Polícia prende suspeito de participar da morte de sargento da PM em Natal



anigif-fgcell

A polícia prendeu na manhã desta segunda-feira (5) um dos suspeitos de participar da morte do sargento da Polícia Militar Antônio Cândido dos Santos, vítima de um assalto em frente a um hospital na Zona Oeste de Natal. A prisão aconteceu na comunidade Novo Horizonte, conhecida como Favela do Japão, no bairro das Quintas, também na Zona Oeste. Um comparsa continua sendo procurado.


De acordo com a assessoria de comunicação da PM, o suspeito estava com uma tornozeleira eletrônica, equipamento usado por detentos do regime semiaberto no RN. Ele foi levado para averiguação. Segundo a PM, ele não estava armado.

Antônio Cândido foi o 10° policial militar morto este ano no RN.

Imagens de uma câmera de segurança mostram os últimos momentos de vida do sargento Antônio Cândido dos Santos. Ele morreu na frente de um hospital na Zona Oeste de Natal.

Pelas imagens, é possível ver quando o policial caminha na calçada e olha o celular. Os suspeitos passam pelo policial em uma motocicleta. Quando o PM retorna e anda em direção ao hospital, os criminosos também voltam e abordam o sargento. O homem que estava na garupa da moto desce e corre em direção ao policial.

As imagens só mostram até este momento. Segundo a PM, ele não teria reagido ao assalto, mas foi baleado mesmo assim e morreu no local. A arma do policial foi levada pelos criminosos.

A moto usada pelos suspeitos foi encontrada abandonada por volta das 10h no bairro das Quintas. Segundo a PM, ela tem registro de roubo.


Segundo a PM, o sargento estava levando o pai para fazer um tratamento no hospital da Liga Contra o Câncer. A mulher do policial também o acompanhava.

Ainda de acordo com a polícia, o sargento Cândido deixa mulher e um filho de 4 anos.

Ele tinha 14 anos de serviço e era lotado no Pelotão da PM em Santana do Matos, mas residia em Caicó, na região Seridó do estado. O prefeito da cidade decretou luto oficial de três dias.





Curta nossa Página

Start typing and press Enter to search