[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Estuprador foragido há um mês é suspeito de voltar a violentar mãe e filha no RN

anigif-fgcell

Preso como estuprador, ‘Galo Cego’ pode ter voltado a atacar. O suspeito que está foragido do Centro de Detenção Provisória de Nova Parnamirim, onde cumpria pena por estupro, desde o dia 31 de maio é suspeito de fazer mais uma vítima em Parnamirim, mesma cidade onde ocorreu o crime que o levou à prisão.


Na tarde dessa quinta-feira, 29, Galo Cego teria estuprado uma mulher de 28 anos. De acordo com fontes policiais, ele havia roubado o celular da vítima e pediu que ela decidisse se deixaria que ele a estuprasse ou se preferia a filha de 12 anos, que também estava no local, no lugar dela. Diante da situação, a mãe teria optado em ser violentada.

Passado do suspeito

Jeová Soares de Lima, o Galo Cego, foi preso pelo estupro de mãe e filha, em novembro de 2015, na frente do homem que é marido e pai das vítimas, respectivamente. O caso ocorreu em Parnamirim, onde fica o CDP em que Galo Cego estava preso antes de fugir.

De acordo com a Polícia Militar, no dia 24 de novembro de 2015, um homem estava em casa com os filhos, uma garota de 14 anos e dois meninos de sete e 11 anos, quando o foragido invadiu a casa com um comparsa, Euclides Tomaz.

Galo Cego e o sócio fizeram um rapa na residência. Os homens estavam se preparando para sair do local, com os objetos roubados, quando a dona da casa chegou. Ela e a filha, que como dito anteriormente tinha 14 anos, foram estupradas na companhia dos familiares que estavam no lar.

Galo Cego já fugiu do CDP de Nova Parnamirim por duas vezes. A primeira ocorreu cerca de uma semana após ser preso, e durante um banho de sol. Ele foi recapturado horas depois. Portal BO




Curta nossa Página

Start typing and press Enter to search