quinta-feira, 18 de maio de 2017

Procurador da República é preso por tráfico de informações


anigif-fgcell

O procurador da República Ângelo Goulart Vilela, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), teve mandado de prisão expedido pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal.


Na ação de quem é alvo central o senador Aécio Neves, o procurador é suspeito de repassar informações para os executivos da JBS.

A atuação do membro do Ministério Público Federal se daria dentro da Operação Greenfield, que investiga irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do país, todos ligados a estatais.





Curta nossa Página