[Notícias Recentes][6]

Brasil
Caicó
Ciência
Curioso
Entretenimento
Esporte
Mundo
Nordeste
PB
Política
RN
Saúde
Seridó
Tecnologia

Flamengo vence o Botafogo com dois gols de Guerrero e está na final do Carioca

anigif-fgcell

No duelo semifinal entre Flamengo e Botafogo, prevaleceu a superioridade técnica do Rubro-Negro. Com dois gols de Guerrero, o time de Zé Ricardo venceu por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Maracanã, e conquistou classificação para a final do Campeonato Carioca 2017. Irá enfrentar o Fluminense, uma decisão de título que não ocorre há 22 anos.


PARTIU FINAL
Fla e Flu decidiram o título da Taça Guanabara nesta edição, com vitória tricolor nos pênaltis. Vão disputar a taça do estadual nos dias 30 de abril e 7 de maio. A última vez em que um jogo entre eles decidiu o campeonato foi em 1995, partida do famoso gol de barrida de Renato Gaúcho e taça no armário do time das Laranjeiras. Porém, a fórmula do campeonato da época previa um octogonal na fase final. A última final entre os dois foi em 1991, com vitória do Fla.

PRIMEIRO TEMPO
No começo do jogo, nem parecia que o Flamengo tinha a vantagem do empate. O Rubro-Negro tomou a iniciativa e não correu nenhum risco. Até parecia que o Botafogo passaria de fase com o empate. A equipe de Jair Ventura não conseguiu atacar, só marcou. A melhor chance foi de Guerrero: Everton cruzou, Arão centrou e o centroavante finalizou rasteiro. Gatito precisou defender em dois tempos. O Fla ainda teve gol corretamente anulado, por impedimento de Gabriel.

SEGUNDO TEMPO
A etapa final começou com forte chuva no Maracanã. O Fla manteve a postura e abriu o placar aos 4 minutos, com Guerrero. Everton recebeu boa bola de Trauco na esquerda e cruzou forte demais para Gabriel. Victor Luis cortou parcialmente, mas o peruano pegou bonito de primeira para mandar para a rede. Precisando virar, Jair fez uma troca dupla: Sassá e Guilherme entraram nas vagas de Roger e Dudu Cearense. Não adiantou. O Bota nada produziu. E o Fla continuou melhor. Fez o segundo, de pênalti, novamente com Guerrero. Fernandes cortou bola com a mão. Sassá, o melhor do Bota, descontou de pênalti, ao ser derrubado por Réver.

NÃO VALEU
Em um dos ataques do Fla, no primeiro tempo, Gabriel marcou em impedimento. A bola foi lançada a Everton, que chutou cruzado. Gabriel, então, livre, na entrada da pequena área, concluiu. O lance foi corretamente anulado.

SASSÁ, O MELHOR DO BOTA
Depois de 10 dias fora do Brasil, para dois jogos da Libertadores, o Botafogo sentiu o desgaste físico. O time foi apagado, assim como os destaques Camilo e Pimpão. Sassá, ao entrar no segundo tempo, criou a melhor jogada. Driblou Muralha, mas concluiu para longe do gol. Ele ainda sofreu pênalti de Réver. Converteu. Fez o gol do Bota.


BRIGA PELA ARTILHARIA
Guerrero chegou ao seu novo gol neste Campeonato Carioca e empatou com Adriano, do Nova Iguaçu, que não atua mais pela competição. O camisa 9 tem outro concorrente: Richarlison, do Flu, tem os mesmos oito gols. Ambos vão se enfrentar na final. Será que algum deles leva?


Globoesporte.com

Curta nossa Página: Clique aqui




Start typing and press Enter to search