Ultimas
Aguarde..

Vandalismo durante ato contra Temer em Natal será investigado, diz comandante do CPM

anigif-fgcell


Após os protestos contra o governo do presidente Michel Temer, o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Jair Junior, afirmou nas redes sociais que está identificando as pessoas que cometeram atos de vandalismo durante a manifestação. O ato, aconteceu ontem (7), entre as vias da zona Leste e Sul de Natal. Ao final da manifestação, a Polícia Militar chegou a informar que o protesto foi pacífico e não causou acidentes.

Em sua página no Facebook, o coronel Jair Junior classificou o ato "sem organização" e responsável por causar "sérios transtornos à maioria da população". Ainda de acordo com o comandante, a ação de alguns manifestantes são comparáveis ao "terrorismo", devido a "forma radical e violenta de agir".


Segundo o comandante do CPM, os participantes que praticaram crimes durante o ato, estão sendo identificados e serão responsabilizados civil e criminalmente por desordem, depredação e pichação de patrimônios públicos e privados. "Quem participou dos protestos e praticou crimes, já podem começar a procurar bons advogados e se preocuparem, as autoridades competentes vão adotar as devidas providências legais", afirmou.

Tribuna do Norte


anigif-BANNER