Ultimas
Aguarde..

Ministro enfrenta protesto em evento realizado em Natal

anigif-fgcell


Sindicalistas, militantes do Partidos dos  Trabalhadores (PT) e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) fizeram manifestações empunhando faixas e cartazes de “Fora Temer”, no pátio externo da Escola de Governo, onde o ministro da Educação, Mendonça Filho, estava sendo recebido pelo governador Robinson Faria (PSD).
O momento de mais tensão ocorreu na saída do ministro Mendonça Filho da Escola de Governo, ocasião em que um manifestante tentou parar os veículos da comitiva ministerial, deitando-se em via pública, tendo sido retirado por seguranças da comitiva.

Os manifestantes diziam palavras de ordem, como “não vai ter arrego, golpistas não vão ter sossego”. O deputado federal Rogério Marinho foi hostilizado pelos manifestantes, como “golpista', tendo ido ao encontro deles. O senador Garibaldi Filho também foi hostilizado pelos militantes.

Na rede social, Rogério Marinho no fim da tarde, foi à rede social Facebook, para dizer que “sentiu na pele, e não é a primeira vez, que militantes pagos pelo PT, pendurados na máquina sindical, pelegos e 'viúvas de Lula' e de 'uma presidente defenestrada do poder', fazem com muita convicção, a máxima comunista, misturada à tática fascista e nazista, de impingir aos adversários ameaças físicas e verbais”.

Por fim, Rogério Marinho disse que estava com a “consciência tranquila e muito feliz”, porque essas manifestações mostram que está “num rumo certo, a favor do povo brasileiro e contra essas pessoas que denigrem a nossa democracia e que vão ficar no lixo da história e o Brasil vai seguir em frente”.

Tribuna do Norte


online-kaneiro