Ultimas
Aguarde..

Filme gravado no Sertão da PB vence prêmio em festival de cinema dos Estados Unidos

anigif-fgcell


O curitibano Guilherme Weber ganhou o prêmio de melhor diretor no Los Angeles Brazilian Film Festival por “Deserto” que teve como cenário a Vila de Picotes na zona rural de São Mamede/PB.

O filme é a primeira experiência atrás das câmeras de Weber, mais conhecido por sua carreira como ator de teatro — durante anos, ele foi um dos sócios da Sutil Cia. De Teatro e na televisão, na Rede Globo.

Feliz com esta homenagem ao meu trabalho e a de todos da equipe do filme! O cinema é uma arte de irmãos!”, escreveu o diretor em suas redes sociais após saber que tinha vencido o prêmio, na madrugada de quarta-feira (21).

”Deserto” é livremente inspirado no romance mexicano “Santa Maria do Circo”, de David Toscana, que conta a história de uma trupe circense que funda uma sociedade no deserto do México. No filme, Weber e a roteirista Ana Lúcia Maia transpuseram a narrativa para o sertão nordestino.

“Quando li o livro fiquei fascinado e quis fazer uma adaptação. Mas não poderia ser no teatro, onde é difícil trabalhar os simbolismos de maneira concreta. Então decidi escrever um roteiro para cinema”, contou Weber à Gazeta do Povo.

O longa será exibido na próxima segunda –feira (26) na mostra competitiva do Festival de Brasília. O público curitibano poderá ver o filme no dia 22 de outubro, quando “Deserto” será exibido como parte da programação da mostra de cinema da Bienal Internacional de Curitiba.

Trilha curitibana

A trilha sonora foi composta pelos músicos Luiz Ferreira e Rodrigo Barros, das bandas Beijo AA Força e Maxixe Machine, também concorreu a prêmio na noite. O elenco de ”Deserto” também conta com o ator curitibano Claudinho Castro, além de nomes como Lima Duarte, Cida Moreira, Everaldo Pontes, Magali Biff.

Fonte: Gazeta do Povo


online-kaneiro