Ultimas
Aguarde..

Deputado aciona MPF contra doutrinação em escola infantil na UFRN

anigif-fgcell


As denúncias de doutrinação no Núcleo de Educação Infantil (NEI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) deverão ser investigadas pelo Ministério Público Federal (MPF). O caso foi levado ao órgão pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB). O parlamentar ainda encaminhou um ofício endereçado a reitora da instituição, Angela Paiva, para alertar sobre o caso.

“Escola pública transformada em aparelho de partido político, paga com dinheiro público, afrontando direito pátrio das famílias de formar caráter dos seus filhos, abusando de crianças inocentes para passar uma narrativa mentirosa a respeito de um fato histórico e político que se passa em nosso país, de forma equivocada, sem equilíbrio, afrontando a Constituição que fala em pluralidade de ideias. Os fatos precisam ser passados para que as próprias crianças façam seu juízo de valor e não como sendo algo definitivo. É coisa absurda, um crime tão nocivo e bárbaro, covarde, que não podemos ficar quietos”, disse Rogério.

Segundo o parlamentar, o trabalho feito pelo movimento Escola Sem Partido “despertou um vespeiro e as pessoas começaram a entender que têm direitos, que estão sendo esbulhados por falsos professores, que na verdade são doutrinadores, preocupados em passar visão absolutamente bizarra da nossa história. A escola tem que ser Republicana, para fazer política o professor precisa fazer isso fora da sala de aula”, completou.

Segundo denúncia feita por pais dos alunos do NEI-UFRN, professores solicitaram aos alunos que fossem feitos desenhos contra o governo Michel Temer e a PEC 241, com o objetivo de utilizar as imagens na paralisação dos servidores realizada no último dia 22. O NEI-UFRN conta com alunos de até 9 anos, que vão desde o ensino infantil até o 3º ano do ensino fundamental.

Confira vídeo postado nas redes sociais com o posicionamento do deputado federal Rogério Marinho sobre o tema.





online-kaneiro