Ultimas
Aguarde..

Cartões de Dilma e Temer nos custaram R$ 23 milhões apenas este ano

anigif-fgcell


Somente em 2016, até ser afastada pelo Congresso, a ex-presidente Dilma conseguiu atingir a marca de R$ 4 milhões gastos com cartões corporativos da Presidência. Tudo pago pelo contribuinte brasileiro. Todo o governo Dilma torrou R$ 14 milhões com cartões; gastos em média, R$ 106 mil por dia, incluindo feriados e fins de semana. Em 121 dias de governo Temer, a conta subiu R$ 9 milhões; mas a média é de R$ 74 mil/dia; uma queda de mais de 30%.

O governo Dilma, em 135 dias de 2016, torrou R$ 13,7 milhões com cartões. Temer, mesmo na interinidade, gastou R$ 9 milhões 4 meses.

O uso abusivo de cartões corporativos inclui cabeleireiro, hotéis de luxo, restaurantes, aluguel de carrões, passagens etc.

O contribuinte não pode saber detalhes sobre 90% dos gastos usando cartões corporativos. Lula impôs “segredo” desde o primeiro escândalo.

A Presidência detalha apenas gastos de quatro portadores de cartões, também pagos por nós: seguranças dos ex-presidentes FHC e Lula.

Diário do Poder



erica