Ultimas
Aguarde..

Brasil fecha primeiro dia dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 com dois ouros, uma prata e um bronze

anigif-fgcell


Com dois ouros, uma prata e um bronze conquistados no primeiro dia de competições dos Jogos Paralímpicos, o Brasil já mostrou que #pódiotododia não é brincadeira. A primeira medalha chegou logo pela manhã, quando Odair Santos garantiu a prata ao completar os 5000m T11 em 15min17s55, atrás do queniano Samwel Mushai Kimani, que fez 15min16s11. Pouco depois, Ricardo Costa ultrapassou o recordista mundial Lex Gillette (EUA) em seu último salto, alcançando 6m52 e conquistando o ouro numa prova emocionante, que agitou torcida presente do Estádio Olímpico do Engenhão.

À noite, Daniel Dias começou a aumentar sua coleção de medalhas no Estádio Olímpico de Esportes Aquáticos. Até então, o nadador era dono de 15, sendo 10 de ouro, quatro de prata e uma de bronze, de edições anteriores de Jogos Paralímpicos. A 11ª medalha dourada – e 16ª no total – veio nos 200m livre S5, numa prova que foi dominada por Daniel do início ao fim. O astro brasileiro das piscinas ainda vai disputar outras oito provas na competição, podendo chegar a impressionantes 24 pódios paralímpicos. Para encerrar o dia, Ítalo Pereira foi bronze nos 100m costas S7, fechando uma noite empolgante.

Esta sexta-feira, 9 de setembro, promete novas emoções. Para começar, logo às 9h, a seleção brasileira de futebol de 5, tricampeã paralímpica, estreia contra o Marrocos. Dono de sete ouros e três pratas em Pequim 2008 e Londres 2012, André Brasil estreia nas piscinas nos 50m livre S10. Após ser ovacionado na cerimônia de abertura ao acender a pira na quarta-feira, Clodoaldo Silva é uma das estrelas do revezamento 4x50m livre (20 pontos). No atletismo, o recordista mundial dos 400m rasos T20, Daniel Martins, busca seu ouro. Veja abaixo a programação brasileira neste dia 9 de setembro.



erica