Ultimas
Aguarde..

Após fim da Olimpiada, imagem de buraco no centro do gramado do Maracanã surpreende

anigif-fgcell


Antes desmentido por Marcelo Rubens Paiva, diretor artístico da festa da cerimônia de abertura da Paralimpíada 2016, o buraco de 6,5 metros de comprimento e 4 metros de largura com aproximadamente 2 de profundidade feito no gramado do Maracanã pode ser visto em imagem aérea tirada na manhã desta quarta-feira pelo repórter Emerson Rocha, da Rádio Globo.

Em entrevista ao "Planeta SporTV", Marcelo Rubens Paiva chegou a dizer que o buraco tinha apenas 30 centímetros e criticou a imprensa por "colocar zika" no trabalho dos organizadores.

- Cara, já começaram a colocar zika na nossa cerimônia (risos). O buraco virou nossa zika. Nem é um buraco, é um negócio de 30cm que foi para o fundo para caber uma máquina. Não dá nem para ver. O gramado vai ser devolvido exatamente como estava antes. Torcida do Mengão pode ficar tranquila, torcida do Fluminense também. E vamos pedir para a imprensa maneirar, por favor, de novo não - disse Paiva.

O fato é que essa alteração no campo acabou interferindo um pouco na drenagem, que também precisará ser recuperada. O prazo para que tudo fique resolvido é de cerca de 24 dias após a festa de encerramento da Paralimpíada: 15 para fechar o buraco, quatro para recolocar a grama e mais quatro para que ela fique em perfeitas condições. Em contrato, a Rio 2016 tem que devolver o Maracanã no dia 30 de outubro e dificilmente antecipará esse prazo.

GE


anigif-pizzaria