Ultimas
Aguarde..

Tite faz sua primeira convocação da seleção Brasileira para eliminatórias

anigif-fgcell

Tite anunciou na manhã desta segunda-feira os seus primeiros 23 convocados para a seleção brasileira. A equipe terá sete campeões olímpicos nas partidas dos dias 1º e 6 de setembro, contra Equador e Colômbia, respectivamente, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018: os três mais velhos, Neymar, Renato Augusto e Weverton, além de Rodrigo Caio, Marquinhos, Gabigol e Gabriel Jesus. Todos se destacaram na campanha que terminou no último sábado com a vitória nos pênaltis, por 5 a 4, sobre a Alemanha.

O técnico também promoveu novidades, como o retorno do volante Paulinho, do Guangzhou Evergrande, da China. Ele foi um dos principais jogadores do Corinthians treinado por Tite entre 2011 e 2013, mas desde que deixou o clube rumo ao Tottenham não conseguiu o mesmo desempenho. Outras novidades são o lateral-direito Fagner, do Corinthians, e o volante Rafael Carioca, do Atlético-MG, ambos convocados pela primeira vez.

O atacante Neymar, destaque da conquista da inédita medalha de ouro pela seleção olímpica, sequer retornou ao Barcelona para se apresentar a Luis Enrique. O treinador liberou o jogador para seguir no Brasil, já que na próxima segunda-feira ele teria de retornar novamente para a preparação das eliminatórias.


Tite revelou que alguns jogadores que estavam sendo observados ficaram fora da lista final por conta de problemas físicos, por conta do início de temporada na Europa. Porém, o treinador não revelou nomes e deixou claro que trata-se de uma lista pontual, para os dois próximos jogos da seleção brasileira.

- Alguns atletas europeus, por estarem retomando as atividades, ficam prejudicados nessa avaliação e retomada de ritmo. E alguns com lesão. Em relação à convocação, é para os próximos dois jogos. Não quero ser o otimista irresponsável ou pessimista que vê só o negativo. Neste momento não estamos classificados e queremos estar entre os classificados. E aí surge outro momento. Esses dois jogos, no melhor momento de cada atleta. Ser justo neste aspecto. Mas é inevitável, por ser humano - afirmou.

O Brasil ocupa a sexta posição na competição, com nove pontos. Os quatro primeiros colocados garantem vaga direta na Rússia, e o quinto disputa a repescagem contra uma equipe da Oceania. Quem lidera as eliminatórias Sul-Americanas é o Uruguai, que soma 13 pontos.


anigif-BANNER