Ultimas
Aguarde..

Segundo Nelter Queiroz, coordenador afirmou que “Dnocs não tem condições de assumir obra de adutora de Caicó”

anigif-fgcell

Em entrevista ao MEIO-DIA RN desta quinta-feira, 18, o deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB) falou sobre a polêmica decisão do Ministério da integração, comandado por Helder Barbalho (PMDB), de transferir a obra de R$ 44 milhões da adutora de engate rápido de Caicó da Caern que já estava prestes a ser licitada para o DNOCS que deverá ainda demorar alguns meses para dar início ao projeto.

“Semana passada estivemos em reunião com o ministro e nos posicionamos contrários, porque o DNOCS já havia tido problema na adutora de Jucurutu e há quase três anos em Currais Novos, já a Caern em cinco dias podia começar a obra. O ministro alegou que a decisão estava sendo tomada e a Caern ficaria de fora. Ontem o próprio diretor do DNOCS no RN, José Eduardo Alves também afirmou que pelo DNOCS iria demorar muito e preferia que deixasse na Caern, já que sabia de todos os problemas passados”, alertou Nélter.

O investimento para a obra é de R$ 44 milhões que antes da decisão federal já estava autorizado para a Caern contratar a empresa via licitação e iniciar a obra.

Do blog do BG


PEDÃO AUTO