Ultimas
Aguarde..

Polícia procura Caicoense foragido da justiça

anigif-fgcell

A Polícia Civil de Caicó, por meio da sua página na internet, disponibilizou informações a cerca de um jovem que está foragido da justiça. Quando aos 17 anos, o investigado foi detido por uma guarnição de Rádio Patrulha (RP) por suspeita de está a procura de oito pessoas da mesma família.

A experiência dos policiais que estavam na missão de detê-lo foi essencial para ter a certeza que o investigado estava com ordens para executar irmãos, primos e parentes da mesma família. No dia que foi detido, em 2015, no bairro João XXIII, o jovem tinha no seu celular as fotos das possíveis vítimas.

Um investigador que se infiltrou no sepultamento do militante do crime, conhecido como NENÊ, morto a tiros no bairro Recreio, zona norte de Caicó, no dia 15 de julho de 2015 - relembre aqui - viu Josimar, ou "Punho de Aço", saindo do sepultamento do amigo, armado com um revólver.

Quando abordado, no mesmo dia do enterro do seu líder Nenê, às 12 hs (pm), Punho de Aço ficou nervoso, chamando a atenção dos PM's. Um experiente militar apontou para o celular o problema, logo confirmou-se que no aparelho tinha 8 fotos de pessoas marcadas para morrer, motivo: vingança.

Há época, Josimar só tinha 17 anos, com sua pessoa apenas as fotos dos seus alvos, mas não estava armado, já havia desfeito do objeto, por isso foi liberado mediante a presença do pai. Na comunidade aonde reside, ou residia, bairro Paulo VI, Punho de Aço é tido como um dos maiores homicidas da cidade.

Com a desarticulação da informação que Punho de Aço executaria oito trabalhadores da mesma família, a maiores destes tiveram que sair da cidade, perderam empregos e ainda temem por ele não está preso. O empenho dos PM's foi de soma importância para um desfecho tráfico não acontecer.

POLÍCIA CIVIL

"Josimar Francisco da Silva, mais conhecido como Punho de Aço, 18 anos, também é foragido da Justiça, seu destino é incerto, qualquer informação que leve a sua captura pode ser feita através do telefone (84) 3421-6029 ou os demais meios já divulgados aqui nesta página."

Via Jair Sampaio


anigif-BANNER