Ultimas
Aguarde..

Messi muda de ideia e diz que jogará pela Argentina: ‘Amo demais o meu país’

anigif-fgcell

Messi mudou de ideia e afirmou nesta sexta-feira que defenderá a Argentina. A declaração foi feita depois de um encontro com Edgardo Bauza, novo técnico da seleção do país. “Amo demais o meu país e esta camiseta”, anunciou em comunicado

“Vejo que há muitos problemas no futebol argentino e não pretendo criar mais um. Não quero causar nenhum dano, pelo contrário. Quero ajudar em tudo o que puder”, prosseguiu o craque argentino.

O jogador estará na lista de Bauza para os duelos contra Venezuela e Uruguai, marcado para acontecer nos dias 1º e 6 de setembro, pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2018.

Messi havia anunciado a aposentadoria da seleção após a derrota na decisão da Copa América para o Chile em junho. Depois de errar uma cobrança na disputa de pênaltis, o camisa 10 se mostrou bastante abalado com o terceiro vice consecutivo pela Argentina e afirmou que só jogaria pelo Barcelona.

Além dessa derrota, ele também havia ficado em segundo lugar na Copa do Mundo de 2014, quando a Argentina perdeu para a Alemanha por 1 a 0 na prorrogação e novamente diante do Chile, na final da Copa América de 2015.

Apesar da confirmação do retorno, Messi criticou indiretamente a crise em que vive a Associação de Futebol Argentino (AFA), que ficou devendo oito meses de salários para o técnico Tata Martino, antecessor de Bauza, e precisou de intervenção do governo para que o país conseguisse disputar os Jogos Olímpicos do Rio. “Tem que mudar muitas coisas no nosso futebol argentino, mas prefiro fazer dentro e não criticando fora”.

A mudança de posição aconteceu graças a uma conversa com Bauza. Preocupado com a possibilidade de ficar sem o principal jogador da equipe, o treinador, logo que assumiu o comando da seleção, no início da última semana, informou que viajaria até Barcelona para se reunir com Messi. Sem revelar diretamente qual seria o teor da conversa, disse que falariam sobre futebol.

O encontro aconteceu na quinta-feira e contou também com a presença de Mascherano, companheiro de Messi do Barcelona. A conversa, segundo a imprensa espanhola, durou mais de uma hora e aconteceu no Centro de Treinamento do clube catalão.

Para os argentinos, o importante é que Messi voltou atrás de sua decisão. Ainda no comunicado, o jogador agradeceu o apoio dos torcedores. “Agradeço a toda essa gente que quer que siga jogando com a Argentina. Oxalá possamos dar-lhes alguma alegria agora”, concluiu.


artesenovidades