Ultimas
Aguarde..

Cinco mulheres foram assassinadas durante o fim de semana no RN

Maria do Socorro Morais, esfaqueada em São João do Sabugi - Antônia Edinete de Oliveira morreu no hospital de Mossoró
anigif-fgcell

Cinco mulheres foram assassinadas durante este final de semana no Rio Grande do Norte. Em Natal, São José de Mipibu, Parnamirim e São João do Sabugi, as vítimas foram mortas na madrugada deste domingo (21). Na região Oeste, uma doméstica que havia sido baleada na quarta-feira (17) em Governador Dix-Sept Rosado não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada do sábado (20) no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.

Com mais estes cinco casos, chega a 11 o número de mulheres mortas nos últimos onze dias no estado. A maioria, vítima de feminicídio – que é quando uma pessoa é morta pela condição de ser do sexo feminino.

Domingo
Em Natal, Roberta Nogueira da Silva, de 35 anos, foi encontrada morta no meio de uma rua no bairro Pajuçara, na Zona Norte da cidade. Policiais do 4º Batalhão relataram que a mulher foi encontrada na rua Castelo Branco, por volta das 4h deste domingo, e que ela tinha perfurações nas costas. Também há informações de que a vítima teria sido jogada de um carro em movimento.

Em Parnamirim, o corpo de Emília Miranda da Silva, de 29 anos, foi encontrado por volta das 4h. Estava na rua Dom João, no bairro de Santos Reis. A polícia disse que ela foi morta a pauladas, mas que não tem pistas dos criminosos.

Em São José de Mipibu, uma mulher também ainda não identificada foi morta a facadas dentro de um condomínio na comunidade Pau Brasil.

Já em São João do Sabugi, também nesta madrugada, a vítima foi uma comerciante autônoma de 37 anos. Maria do Socorro Morais estava em casa com o atual companheiro quando o ex-marido dela arrombou a porta, invadiu a residência e atacou o casal com goles de faca. Ferida no peito e em um dos braços, Maria foi socorrida para um hospital em Caicó, onde morreu por volta das 9h. O assassino fugiu. O companheiro da vítima, que também foi esfaqueado, permanece internado. Segundo o sargento Adriano Azevedo, o estado de saúde do homem é grave, mas estável. “Ainda fizemos buscas pelo criminoso, mas ele conseguiu fugir”, acrescentou. Ainda de acordo com o sargento, a faca usada no crime foi apreendida.

Sábado
No sábado (20), a vítima foi a empregada doméstica Antônia Edinete de Oliveira, de 37 anos. Ela morreu no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, onde tentava se recuperar dos tiros que sofrera na última quarta-feira (17) na cidade de Governador Dix-Sept Rosado. O irmão dela, que tem 35 anos, também foi alvo dos disparos. Ele continua hospitalizado. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.

Edinete e o irmão foram baleados quando chegavam em casa, no Sítio Ipueira. Os assassinos são dois homens que chegaram à comunidade de moto, obrigaram as vítimas a ficarem de costas e atiraram. Segundo a Polícia Militar, não houve anúncio de assalto.

Os irmãos receberam os primeiros atendimentos médicos em uma unidade de saúde do município. Em razão da gravidade dos ferimentos, foram transferidos para Mossoró.

G1

artesenovidades