Ultimas
Aguarde..

Barragem Armando Ribeiro atinge menor volume da história

anigif-fgcell

A Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do Rio Grande do Norte, atingiu 17% de sua capacidade total, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. A marca é a menor da história e mostra a situação crítica em que se encontra os reservatórios potiguares. O reservatório já havia começado 2016 com o menor volume da história, que era pouco mais de 20%.

A informação foi confirmada pelo secretário do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Mairton França, nesta terça-feira (16). Segundo Mairton, a situação preocupa bastante. “Achei que não podia ter inverno pior do que 2014, mas piorou”, destacou. O Açude Itans, que abastece Caicó, também está em situação preocupante. Com apenas 4,8% de sua capacidade, com o volume atual o reservatório só poderá abastecer as cidades até fevereiro de 2017. Mairton França destaca que medidas vem sendo estudadas pelo governo para frear a situação.

O estado de calamidade em razão da seca já foi prorrogado no início do ano. A operação carros-pipas é uma das que atuam para combater a seca, principalmente no interior do Estado. O Seridó e Alto Oeste são as principais regiões atingidas pela estiagem prolongada pelo quinto ano seguido. De acordo com França, as perspectivas climáticas também não são animadas. Mas, é preciso pensar a partir de 2017, já que o inverno deste ano foi insuficiente.

Fonte: Mossoró Hoje

erica