segunda-feira, 25 de julho de 2016

Com perfil falso, homem coloca notas falsas a venda em rede social no RN


anigif-fgcell

Um homem com perfil falso em uma rede social, publicou em um grupo de negócios no facebook, a venda de várias cédulas falsas. O anuncio feito por Junior Soares, nome usado no perfil, o homem chega a disponibilizar o número de contato para os interessados coletar mais informações de como adquirir o produto que é crime.

A publicação do anunciou aconteceu na noite de domingo 24 de Julho de 2016, em um grupo no facebook denominado como "Classificados RN". Mais de 66 mil pessoas participa do referido grupo que tem o objetivo de anunciar a venda casas, carros, motos, celulares, e outros tipos de mercadoria.

O caso da venda das cédulas falsa é caracterizado crime previso em lei. Veja abaixo;

CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
Art. 289 - Falsificar, fabricando-a ou alterando-a, moeda metálica ou papel-moeda de curso legal no país ou no estrangeiro:
Pena - reclusão, de três a doze anos, e multa.
§ 1º - Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa.
§ 2º - Quem, tendo recebido de boa-fé, como verdadeira, moeda falsa ou alterada, a restitui à circulação, depois de conhecer a falsidade, é punido com detenção, de seis meses a dois anos, e multa.
§ 3º - É punido com reclusão, de três a quinze anos, e multa, o funcionário público ou diretor, gerente, ou fiscal de banco de emissão que fabrica, emite ou autoriza a fabricação ou emissão:
I - de moeda com título ou peso inferior ao determinado em lei;
II - de papel-moeda em quantidade superior à autorizada.
§ 4º - Nas mesmas penas incorre quem desvia e faz circular moeda, cuja circulação não estava ainda autorizada.

Crimes assimilados ao de moeda falsa

Via Assu Notícia


PEDÃO AUTO

COI não suspende Rússia da Olimpíada e deixa decisão com federações internacionais


anigif-fgcell

A Rússia estará nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A tão aguardada decisão foi tomada neste domingo (24) pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), que sofreu pressão de países como Estados Unidos e Canadá para excluir os russos da Olimpíada em solo brasileiro, devido aos escândalos de doping sistemáticos no país.

No entanto, o COI impôs regras rígidas para a participação da Rússia. Atletas que já foram flagrados em exames antidoping, mesmo que já tenham cumprido pena, serão proibidos de competir no Rio de Janeiro.

A decisão sobre a participação dos atletas russos na Olimpíada brasileira ficará a cargo das federações internacionais de cada esporte. Estas entidades precisarão avaliar, competidor por competidor, se ele atende os requisitos determinados pelo COI.

O comitê exige que as federações analisem o histórico de cada atleta em exames antidoping internacionais, e vetará qualquer nome citado no relatório independente do advogado canadense Richard McLaren, que detalhou todas as falhas no sistema antidopagem da Rússia.

Além disso, cada federação terá o poder de vetar uma modalidade por completo, como já fez a Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf). A entidade barrou a Rússia das provas de atletismo na Rio-2016.

artesenovidades

PETROLÃO: Delatores dizem ter patrocinado Stock Car para lavar dinheiro


anigif-fgcell

Por Folha de SP

Delatores da Operação Lava Jato afirmam ter usado contratos de patrocínio da Stock Car, principal categoria do automobilismo nacional, para lavar dinheiro que seria usado para pagar propina no âmbito da Petrobras.

O caminho do dinheiro, segundo as delações, passava por Adir Assad, empresário já condenado na Lava Jato e alvo de três operações da PF no último mês.

Ele era proprietário de uma empresa de marketing com atuação na categoria e também o principal parceiro de uma escuderia em uma divisão de acesso da modalidade.

Grandes empreiteiras estamparam por anos suas marcas em carros da categoria, apesar de essas empresas não costumarem fazer despesas com publicidade.

Segundo Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC e delator desde 2015, uma das maneiras de justificar o dinheiro usado para pagar propina era superfaturar os valores de patrocínio intermediados pela empresa Rock Star, de Assad.

O volume excedente pago à empresa era “devolvido” e usado para pagamentos ilegais de ex-diretores da estatal e políticos.

“O valor combinado era entregue em espécie por algum emissário de Adir Assad”, disse Pessoa em seu acordo de delação, de acordo com a transcrição.

Outro delator da Lava Jato, Ricardo Pernambuco, sócio da Carioca Engenharia, também afirmou que obtinha dinheiro em espécie para pagamentos por meio de contratos simulados com Assad.

Pernambuco apresentou como uma das provas um contrato firmado em 2009, no valor de R$ 820 mil, para patrocínio do piloto Murillo Macedo Filho na categoria Stock Car Light.

Na 31ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada no começo do mês, foram anexados aos autos notas fiscais de pagamentos do grupo Schahin, que possui banco e construtora, para a Rock Star.

Nessas notas, que somam valores de R$ 3,5 milhões, a justificativa de pagamento era patrocínio para a J.Star Racing, equipe associada a Assad que competia na categoria Copa Montana. O responsável pela escuderia é Murillo Macedo.

Um outro patrocinador do time de corrida era o Trendbank, que administrava fundos de pensão e que foi investigado em CPI neste ano por prejuízos na gestão de recursos de funcionários da Petrobras e dos Correios.

Uma quebra de sigilo da Rock Star na Lava Jato mostrou que o banco foi o maior financiador da firma de Assad, com R$ 28 milhões pagos entre 2007 e 2013, o equivalente a 13% de tudo que a empresa recebeu desde a sua fundação.

CONTRATOS

Para comprovar o que contou, o empreiteiro Ricardo Pessoa apresentou uma série de notas fiscais e até um contrato de patrocínio firmado por meio da Rock Star.

Nesse contrato, a empreiteira se comprometia a pagar à firma de Assad R$ 4 milhões por patrocínio e ações de marketing relacionadas ao piloto Allam Khodair na temporada de 2012.

Para o especialista em marketing esportivo Amir Somoggi, um valor como esse está muito acima da média de patrocínios para modalidades fora do futebol, em um patamar do nível do jogador Neymar, esportista de maior visibilidade do país.

“A maior parte do bolo das verbas de patrocínio no Brasil vai para o futebol e a menor é pulverizada entre todas as outras modalidades esportivas”, diz.

Uma das notas fiscais emitidas pela Rock Star para pagamentos da UTC informa que o patrocínio era relacionado ao maior campeão da Stock Car, Ingo Hoffmann. Mas não há investigação relacionada aos esportistas.

A primeira menção à competição de automobilismo na Operação Lava Jato foi feita ainda em 2014, pelo doleiro Alberto Yousseff, delator da investigação.

Ele disse que a Tomé Engenharia, que também mantinha patrocínio na Stock Car, fazia pagamentos de propina por meio de uma empresa “ligada ao ramo de corridas”.

A Tomé também foi uma das maiores financiadoras da Rock Star.

TRÊS OPERAÇÕES

Adir Assad foi alvo de três operações da PF nas últimas semanas: a Saqueador, relacionada ao empresário Carlinhos Cachoeira e a construtora Delta, a Pripyat, sobre suposta propina Eletronuclear, e a fase 31 da Lava Jato.

Suas empresas receberam pagamentos que somaram R$ 1,2 bilhão no período analisado pela quebra de sigilo, a partir de 2005.

No início do ano, o então senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS), cassado em maio, disse, em acordo de delação, que Assad gerenciava o caixa dois na campanha de Dilma Rousseff à Presidência em 2010, o que ela nega.

O Ministério Público paulista também o denunciou neste ano sob suspeita de participação em desvios em obras do governo do Estado, administrado pelo PSDB.

OUTRO LADO

O empresário Adir Assad sustenta que está desligado da firma Rock Star desde 2007 e nega que tenha operado propina.

Preso na Lava Jato em 2015, ele conseguiu ir para a prisão domiciliar por ordem do STF (Supremo Tribunal Federal).

O empresário voltou a ser detido em junho, mas novamente foi mandado para a detenção domiciliar.

O advogado dele, Miguel Pereira Neto, reclama que as sucessivas ordens de prisão são baseadas em acusações sobre os mesmos fatos.

Ao depor para Moro no ano passado, Assad afirmou que a Rock Star era uma empresa especializada em entretenimento, que fazia ações de marketing para promover marcas. Mas não mencionou a Stock Car na audiência.

Outros réus da ação, considerados subordinados do empresário, recordaram que a Rock Star tinha iniciativas de promoção na categoria.

Procurado, o grupo Schahin disse apenas que está prestando todos os esclarecimentos às autoridades.

O Trendbank, que administra fundos de pensão, não foi localizado.

A Tomé diz que declara “total inocência tem relação aos fatos a ela” imputados.

PILOTOS

A reportagem procurou a direção da Stock Car, que afirmou que as construtoras que são alvo da Lava Jato nunca patrocinaram institucionalmente a categoria, mas sim suas equipes privadas.

Os pilotos que tinham patrocínio intermediado pela Rock Star disseram que possuíam um acordo no qual a firma ganhava o direito de explorar o espaço de publicidade nos carros e nos macacões.

Assim, a Rock Star assumia a responsabilidade de providenciar patrocinadores.

A mesma explicação foi dada por Murillo Macedo, responsável pela equipe J.Star Racing.

Os pilotos sustentam que não receberam pagamentos diretos dos patrocinadores e que emitiram notas fiscais dos valores que receberam, seguindo as leis.

O ex-piloto Ingo Hoffmann diz que nunca foi patrocinado pela UTC ou por subsidiárias da construtora.

A assessoria de Allam Khodair diz que ele rompeu o contrato com a Rock Star quando surgiram suspeitas envolvendo a empresa, em 2012.

Ele afirmou que e não recebeu o valor estabelecido no contrato anexado na Operação Lava Jato.

anigif-fta-popular

Fabrício Ótica já está em novas instalações




A Fabrício Ótica inaugurou nesta terça dia 12 de julho suas novas instalações, agora com muito mais conforto para seus amigos e clientes, e com muitas novidades que já estão na nova loja e que ainda chegaram para a Festa de Santana

A ótica esta na rua Otávio Lamartine por trás da Eletrônica Progresso no centro de Caicó.

Contato pelo fone (84) 3417 3429

Governo do Estado conclui licitação para construção de Nova Barra de Santana


anigif-fgcell

O Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) publicou, ontem (21), no Diário Oficial do Estado (DOE) e no Diário Oficial da União (DOU), a homologação do certame licitatório e adjudicação à empresa que executará as obras de implantação urbana e edificações de uso institucional e residencial, para reassentamento da comunidade de Barra de Santana, em Jucurutu.

O Consórcio vencedor foi o “Nova Barra de Santana” formado pelas empresas Solo Moveterras Construções e Serviços LTDA e Consbrasil – Construtora Brasil LTDA. A modalidade da licitação foi o RDC presencial, pelo critério de julgamento de maior percentual de desconto ofertado sobre o desconto global. O Número do edital foi o 01/2016.

O investimento na construção do empreendimento será de R$ 34,6 milhões. O Governo Federal entra com 94% dos recursos. O prazo de execução da obra é de 15 meses, contados a partir da ordem de serviço, que será dada pelo Governador Robinson Faria.

Barra de Santana está localizada na zona rural de Jucurutu e será alagada com a construção da Barragem de Oiticica. A Nova comunidade será construída no local conhecido como Alto do Paiol. A empresa vencedora executará a infraestrutura completa da nova comunidade, incluindo terraplenagem, drenagem, pavimentação e acessibilidade.

De acordo com Secretário Mairton França, o projeto urbanístico do novo Distrito, assim como a tipologia das casas e os respectivos prédios públicos e institucionais foram apreciados e aprovados pelos moradores. “Já estamos discutindo o processo de reassentamento de aproximadamente 200 famílias do distrito. Também já foi formada a comissão que ficará responsável pelas avaliações dos imóveis que serão desapropriados” frisa Mairton.

A cargo da empresa também ficará a construção da Escola, Creche, Posto de Saúde, Sede da Associação dos Moradores, Réplica do Templo da Igreja Católica, Centro de Comércio e Serviços, Praça e o Cemitério.defato


domingo, 24 de julho de 2016

Mulher morre após ser arremessada para fora de carro durante capotagem na RN 177 em São Miguel/RN

anigif-fgcell

Um acidente de transito ocorrido na RN 177, na altura do Sítio Olho D’ água, zona rural de São Miguel/RN, na manhã deste sábado (23), resultou na morte da pessoa de Maria Adriana da Silva, 29 anos. O sinistro ocorreu por volta das 08h30.

A vítima seguia para cidade de Pau dos Ferros conduzindo um veículo tipo fiat punto, de cor branca, placa OWB 0833/RN quando perdeu o controle de direção e sobrou em uma curva, vindo a capotar , sendo arremessada para fora do veículo e morrendo no local.

A Polícia compareceu e isolou o local e uma equipe do ITEP/RN foi acionada para exames de praxe e removeu o corpo para sede do órgão para necropsia.

Nosso Paraná

anigif-pizzaria

Cavalgada de Sant’Ana superou expectativas da organização

anigif-fgcell

O primeiro domingo social da Festa de Sant’Ana de Caicó foi marcado pela Cavalgada. Superando as expectativas da organização, este ano o evento reuniu uma média de 1200 animais, conduzidos pelas ruas da cidade por seus cavaleiros e amazonas. Ao final da cavalgada, em frente a Catedral, o bispo Dom Antônio Carlos deu a benção. O leilão de animais foi realizado em seguida.

Via Marcos Dantas

online-kaneiro

Promoção em cerâmicas é em Pajá Materiais de Construção

Cerâmicas de qualidade e preço justo você vai encontrar na loja Pajá Materiais de Construção, Cerâmica PEI 4 (a melhor qualidade), tipo A, 46x46 (peça grande), por APENAS 13,80 o M²

Veja mais opções de cerâmicas que você encontra em Pajá:


A Loja Pajá Materiais de Construção que antes era localizada na Av. Coronel Martiniano no Centro de Caicó, Mudou de endereço e agora está na Av. Seridó bem próximo ao restaurante Ponto Certo.

Um espaço maior e com muito mais novidades, preços baixos para seus clientes e com o atendimento de primeira como sempre.

A loja Pajá está com uma grande diversidade de produtos, portanto se você vai construir ou reformar seu lugar é na Pajá.


ENDEREÇO:
Avenida Seridó, Próximo ao restaurante Ponto Certo no centro de Caicó.

CONTATO:
(84) 3421 1887

Visite nossa página e veja mais detalhes, Clique aqui

Transmissão de Zika por pernilongo comum requer ‘mudança radical’ em medidas de controle

anigif-fgcell

ióloga Constância Ayres, da Fiocruz Pernambuco, fez uma descoberta inédita que tem o potencial de proporcionar um salto no conhecimento dos cientistas sobre o vírus Zika, e mudar radicalmente a estratégia brasileira de prevenção dele.

Na quinta-feira, a Fiocruz anunciou oficialmente que o mosquito Culex quinquefasciatus , conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, também pode transmitir o vírus que causa microcefalia e malformações em bebês.

Até então, cientistas acreditavam que o mosquito Aedes aegypti era o principal vetor do vírus no Brasil. Agora, de acordo com Ayres, os cientistas precisam determinar qual das duas espécies é a mais importante na epidemia de Zika no Brasil.

Durante o anúncio, a Fiocruz afirmou que, até que se compreenda a importância do pernilongo na epidemia, a política de controle da Zika continuará focada no Aedes aegypti .

Mas dependendo dos resultados, seria necessária uma "mudança radical" na atual estratégia atual de controle da epidemia, afirma a pesquisadora.

"Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente", diz.

Em entrevista à BBC Brasil, Ayres esclareceu a dúvidas sobre o andamento da pesquisa e as implicações de sua descoberta.

1. Como determinou-se que o pernilongo pode transmitir o vírus Zika?
A pesquisa analisou 500 pernilongos capturados na Região Metropolitana do Recife. Eles foram obtidos em locais onde havia casos notificados de Zika, segundo Ayres, para aumentar a possibilidade de se encontrar o vírus no ambiente.

Os pernilongos foram divididos em 80 grupos, e o vírus foi encontrado em três deles. Em dois destes grupos, de acordo com a Fiocruz, os mosquitos não estavam alimentados. Isso demonstra "que o vírus estava disseminado no organismo do inseto e não (foi contraído) em uma alimentação recente num hospedeiro infectado".

No laboratório, a equipe de Ayres alimentou os mosquitos com uma mistura de sangue e vírus, para entender como o Zika se replica dentro dos insetos.

Em seguida, os pesquisadores investigaram o intestino e a glândula salivar dos mosquitos. Se o pernilongo não fosse vetor, seu intestino bloquearia o desenvolvimento do vírus dentro do organismo.

Mas, se o vírus conseguisse se replicar, ele chegaria até a glândula salivar do Culex e poderia ser transmitido para humanos durante a picada.

Dessa forma, a equipe de Ayres confirmou que o Culex pode carregar o vírus em seu organismo. Amostras da saliva dos pernilongos infectados foram analisadas, e continham quantidades de vírus semelhantes às encontradas na saliva do Aedes aegypti .

Segundo Ayres, outra descoberta da Fiocruz Pernambuco dá força à hipótese: um grupo de pesquisa percebeu que a distribuição geográfica da filariose (elefantíase) e do Zika vírus em Recife é muito semelhante.

Em Recife, o Culex quinquefasciatus é o único mosquito que transmite o parasita que causa a elefantíase. "Somos a única área do Brasil endêmica para essa doença", explica a bióloga.

"Cerca de 85% das mães que tiveram bebês com microcefalia por causa do Zika estão em áreas muito precárias, sem saneamento básico, onde ocorre mais a filariose. Isso pode explicar a participação do Culex na transmissão da Zika e dar suporte à nossa hipótese."

"O Aedes aegypti , por outro lado, está mais distribuído na cidade. Vemos que a dengue é uma doença bem democrática, não está só em áreas precárias", afirma.

2. O pernilongo também pode ser vetor de tranmissão de dengue e chikungunya?
De acordo com a Fiocruz, a pesquisa deu prioridade ao vírus Zika por causa da epidemia da doença no Brasil e sua ligação com a microcefalia.

Apesar da epidemia de chikungunya, que também atinge principalmente Estados do Nordeste, ainda não se sabe se esta doença também pode ser transmitida pelo Culex .

Ayres afirma que o vírus da dengue já foi encontrado em pernilongos coletados em campo, mas ainda não se confirmou se ele pode ser seu vetor.

3. Se o pernilongo for o principal transmissor, qual seria o impacto desta descoberta?
Para Ayres, isso significaria a necessidade de alterar a estratégia atual de controle da epidemia de Zika, completamente focada no controle da população do Aedes aegypti .

"Não existem estratégias de controle do Culex no Brasil. Isso vai ter de mudar radicalmente, e é por isso que as autoridades exigem muita cautela e mais comprovação. É natural que seja assim", diz.

O pernilongo tem hábitos diferentes do Aedes aegypti . É mais ativo à noite, por exemplo, o que tornaria importante a proteção com repelentes e roupas compridas também neste horário, especialmente para gestantes.

Ele também prefere colocar seus ovos em locais extremamente poluídos como esgotos, fossas e canaletas, o que, segundo a pesquisadora, tornaria as medidas de saneamento básico ainda mais "urgentes" para evitar novos casos de Zika e microcefalia em bairros mais precários.

"O saneamento básico não erradicará o mosquito, mas vai ajudar no seu controle populacional. As medidas de saneamento ajudam a manter o mosquito em um nível no qual não teremos grande epidemia, apenas casos esporádicos da doença."

4. Quais são os próximos passos da pesquisa?
Segundo Ayres, sua equipe agora investigará qual é exatamente a capacidade vetorial do Culex , ou seja, quão eficiente ele é para carregar e transmitir o vírus.

"Já sabemos que a taxa de infecção natural do Culex é semelhante à do Aedes aegypti , mas isso envolve outros aspectos biológicos do mosquito na natureza: o tamanho da sua população, a longevidade dessas espécies, o número de picadas que dão no homem, se preferem se alimentar do sangue humano ou não", afirma.

"Quando tivermos essas informações, poderemos saber qual das duas espécies tem maior importância na transmissão do Zika."

De acordo com a bióloga, a população de pernilongo em Recife é 20 vezes maior que a do Aedes aegypti . Mas, apesar desta vantagem populacional do Culex , o Aedes pica mais vezes uma pessoa para se alimentar.

É necessário entender, por exemplo, se picar várias vezes faz do Aedes vetor mais competente de transmissão do vírus.

A equipe pernambucana também investiga a possibilidade de a fêmea do pernilongo transmitir o vírus para sua prole ainda nos ovos.

"Coletamos os ovos dos mosquitos infectados, as larvas eclodiram, deixamos crescer até virarem adultos e congelamos o material. Vamos analisá-lo", explica Ayres.

"Se conseguirmos detectar o Zika, significa que eles contraíram o vírus da mãe. Isso tem importância epidemiológica, porque é mais uma forma de o vírus se manter presente na natureza. Ele poderia permanecer no ambiente sem necessariamente ter de passar por humanos."

No ciclo de transmissão de doenças como o Zika, o Aedes aegypti pica uma pessoa doente, se infecta e leva o vírus para outras pessoas. Ele não transmite o Zika, até onde se sabe, a seus ovos.

5. A descoberta do Culex como vetor do Zika é preocupante para outros países do mundo?
De acordo com a bióloga, o Culex quinquefasciatus está presente em todas as áreas urbanas de regiões tropicais, subtropicais e temperadas - de clima mais frio, como países do Norte da Europa, Canadá e Austrália. Já o Aedes aegypti fica restrito às regiões tropicais e subtropicais.

Ela esclarece, no entanto, que mostrar a capacidade do Culex de transmitir Zika no Brasil não significa que o mesmo ocorreria, por exemplo, nos Estados Unidos.

"Existe a possibilidade, mas cada população deve ser investigada, principalmente porque o Culex quinquefasciatus , que é o que temos no Brasil, é parte de um complexo de espécies", diz.

"Nos Estados Unidos existem outras subformas dessa espécie de mosquito. E não sabemos ainda se a competência vetorial de todas as espécies é a mesma."

*Terra - Colaborou Gabriela Belém, de Recife para a BBC Brasil



anigif-BANNER

Bandidos invadem feira livre de cidade do sertão paraibano e assaltam três comerciantes

anigif-fgcell

Por volta das cinco horas da manhã deste domingo (24) na cidade de Nova Floresta, dois bandidos armados, um deles de revólver em uma moto velha azul, invadiram a feira livre enquanto os feirantes ainda estavam montando suas bancas.

Segundo informações da reportagem do Rede Mais Notícias, dois feirantes que trabalham com mangaio, foram rendidos e levaram de um deles a quantia de R$ 300,00 (trezentos Reais), e o outro a quantia de R$ 500,00 (quinhentos Reais), já do outro lado da feira na Rua João Pessoa, os bandidos passaram em uma banca de roupa, onde o dono ainda estava montando e levaram a quantia de R$ 700,00 (setecentos Reais) do feirante, totalizando R$ 1.500,00 (Mil e quinhentos Reais) do assalto.

Eles estavam usando capacetes pretos, após o assalto tomaram rumo ignorado, a Polícia Militar foi acionada e faz rastreamentos na tentativa de prender esses ousados bandidos que cometeram esse assalto ainda de madrugada na cidade de Nova Floresta.

Rede Mais Notícias


erica

Tragédia: Acidente mata 3 jovens e deixa adolescente ferida no interior da PB

anigif-fgcell

Uma tragédia tirou a vida de três jovens e deixou um adolescente, gravemente ferida. O acidente ocorreu, por volta das 23:30h, desta sábado (23), quando eles retornavam da cidade de Monte Horebe para a cidade de Bonito de Santa Fé, local onde três residiam. Uma outra vítima residia em São Paulo e estava passeando em Bonito de Sata Fé.

De acordo com informações preliminares, o jovem, Hélison Joabe Duarte de Figueiredo de 19 anos pediu o veículo, um Prisma de cor preto ao seu pai para se divertir com as amigas Amanda Noara Rodrigues de Araújo de 22 anos e Tais Tavares Rodrigues de 17 anos, além de uma adolescente de 15 anos identificada como Maria Eduarda e foram para a cidade de Monte Horebe. Na volta, o jovem perdeu o controle do veículo em uma curva e capotou no aterro. Na virada, ele e as outras duas jovens morreram, enquanto uma a adolescente sobrebiveu, saiu do veículo e conseguiu pedir ajuda.

Equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros foram acionadas para o local onde a sobrevivente foi socorrida para Bonito de Santa Fé com ferimentos leves.

Policiais de Bonito de Santa fé e São José de Piranhas além de policiais da 5ª Companhia de Trânsito estiveram no local controlando o Trânsito e adotando os procedimentos que requer o caso.

Peritos do IPC de Cajazeiras realizaram a Perícia do local para apurar as causas do acidente. Os corpos foram encaminhados para o IML da cidade de Patos.

Portal Coremas com Valedopianconoticias

PEDÃO AUTO

Pizzaria Nápoles com PROMOÇÃO nas terças e quintas com fatia por apenas 2,99 e entrega GRÁTIS


Pizza de vários sabores feita com capricho e no forno a lenha você encontra na Pizzaria Nápoles.

Todas as Terças e quintas tem PROMOÇÃO com fatias por apenas 2,99 a unidade, então não esqueça, quando bater aquela fome ou você quer um jantar especial com sua família ou amigos, vá na Pizzaria Nápoles que tem um ótimo atendimento e não deixa você esperando.

A Pizzaria Nápoles ainda trabalha com ENTREGA GRÁTIS de terça a sexta a partir de uma pizza.

Pizzaria Nápoles fica localizada no Calçadão no centro de Caicó, fone para contato e pedidos (84) 3417 6262 ou 99821 4973

anigif-pizzaria

INABITÁVEL: Delegação da Austrália rejeita entrar na Vila da Rio-2016

anigif-fgcell

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Comitê Olímpico da Austrália se recusou a entrar na Vila Olímpica da Rio-2016 neste domingo (24), data em que o aparato foi aberto às delegações esportivas, e foi buscar um hotel até que alguns problemas internos fossem solucionados. Autoridades locais, contudo, foram evasivas ao falar sobre os problemas encontrados por estrangeiros no equipamento. Eduardo Paes (PMDB), prefeito do Rio de Janeiro, chegou a fazer piada e disse que pretende colocar um canguru na porta para tentar fazer com que os representantes da Oceania mudem de ideia.

“A gente está aqui para receber bem os visitantes. Ajustes que tiverem de ser feitos vão ser feitos, e a gente vai ter toda a estrutura adequada. Como anfitriões, o que a gente quer é que todos se sintam em casa. O Brasil tem essa coisa de receber bem e de acolher, mas é uma mudança de muita gente ao mesmo tempo. É natural que você tenha algum tipo de ajuste a fazer, mas vamos fazer os australianos se sentirem em casa aqui. Estou quase botando um canguru na frente para pular na frente deles”, disse Paes na cerimônia de inauguração da Vila.

A expectativa do comitê organizador da Rio-2016 é receber até 14 delegações na Vila neste domingo. Entre as que chegaram inicialmente, contudo, houve reclamações sobre condições de higiene dos quartos, sanitários entupidos, vazamento de pias e até objetos que haviam sido furtados no interior das dependências. Ao site australiano “The Age”, o Comitê Olímpico da Austrália classificou o local como “inabitável”.

Construída na zona oeste da cidade, a Vila Olímpica da Rio-2016 tem 31 prédios e 3.604 apartamentos. O conjunto foi executado por empresas privadas a partir de um financiamento de R$ 2,33 bilhões da Caixa Econômica Federal e tem estimativa de render até R$ 3,6 bilhões com a venda dos imóveis – já há unidades à venda por até R$ 600 mil. A obra foi concluída no fim de junho.

A soma de números envolvidos na construção, estardalhaço em torno do gigantismo da Vila e data de entrega torna ainda mais estranha a reação das autoridades locais à lista de problemas detectados neste domingo. Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB (Comitê Olímpico do Brasil) e do comitê organizador Rio-2016, chegou a dizer que é a melhor edição de Vila Olímpica da história.

“Há problemas de adaptação, mas nós vamos consertar isso. É um desafio enorme, mas nós estamos confiantes de que tudo será solucionado a tempo”, disse Paes. “Temos algumas coisas a corrigir ainda, mas temos tempo. Isso é normal”, adicionou Janeth Arcain, prefeita da Vila. “Não há nada aqui que nos desperte uma grande preocupação. São apenas ajustes internos”, completou Nuzman.

Revolta australiana

A chefe de delegação australiana, Kitty Chiller, apontou "problemas de vazamento, banheiros inacabados, cabos à vista, escadas sem luz e pisos sujos, que requerem limpeza profunda".

"Devido a diferentes problemas na vila, de gás, eletricidade e encanamento, decidi que nenhum integrante da equipe australiana será alojado no edifício que nos foi reservado. Água estava caindo pelas paredes, havia um forte cheiro de gás em alguns apartamentos e até curto-circuitos em cabos elétricos", denunciou a australiana.

"Deveríamos ter entrado na Vila no dia 21 de julho, mas ficamos em hotéis próximos, porque a Vila simplesmente não está segura, nem pronta", completou.

Com informações da AFP



PEDÃO AUTO

VÍDEO: Tigres atacam e matam uma mulher em um zoológico da China

anigif-fgcell

Uma mulher morreu e outra ficou ferida no ataque de tigres no zoológico Beijing Badaling Wildlife, em Pequim, na China, informou neste domingo (24) a imprensa local.
O zoológico permite que os visitantes circulem de carro, mas os proíbem a deixar o veículo. No sábado (23), após de brigar com uma amiga, a mulher saiu do carro em meio ao passeio pelo parque.

Um tigre do parque a atacou na mesma hora, forçando a outra mulher a intervir. A amiga também saiu do veículo e foi atacada por outro tigre, que a matou e arrastou seu corpo. A primeira visitante a ser atacada ficou apenas ferida e foi hospitalizada.

As duas estavam acompanhadas por um homem e uma criança, que saíram ilesos. O parque foi fechado por precaução.

Em 2014, um guarda do mesmo parque também foi ataque e morto por um tigre.

G1




artesenovidades

Ultimas Notícias