quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Campanha nas redes sociais pede Moro como substituto de Zavascki no STF

anigif-fgcell

O juiz Sergio Moro está entre os assuntos mais comentados nas redes sociais desde a confirmação da morte do ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato no STF (Supremo Tribunal Federal) e vítima de um acidente aéreo na tarde desta quinta-feira (19). Em menos de uma hora, mais de 24 mil comentários foram postados no Twitter pedindo que Moro substitua Zavascki como ministro do Supremo.

Entre os usuários que sugeriram a indicação de Sergio Moro está o ex-Ministro da Cultura, Marcelo Calero. Usando a hashtag “moronostf”, Calero comentou o acidente aéreo e considerou “suspeita” a morte de Teori Zavascki.

“Existe apenas um nome a ser indicado pro STF afastando qualquer suspeita sobre essa estranhíssima morte: Juiz Moro. Vamos pressionar! #moronostf”, escreveu Calero em sua publicação. Minutos após suas postagens, Calero deletou o texto.

Em nota de pesar, Sergio Moro lamentou a morte do ministro, mas não fez nenhuma especulação acerca das circunstâncias do acidente aéreo e tampouco sobre a substituição do magistrado no STF.

“Tive notícias do falecimento do Min. Teori Zavascki em acidente aéreo. Estou perplexo. Minhas condolências à família. O Min. Teori Zavascki foi um grande magistrado e um herói brasileiro. Exemplo para todos os juízes, promotores e advogados deste país. Sem ele, não teria havido a Operação Lava Jato. Espero que seu legado, de serenidade, seriedade e firmeza na aplicação da lei, independente dos interesses envolvidos, ainda que poderosos, não seja esquecido”.

R7

Pedão Auto Peças, Peças e centro automotivo com check-up geral em carros nacionais e importados



Pedão auto peças e Pedão auto service, é onde você vai encontrar peças e serviços para seu carro, lá além de peças você também conta com serviços mecânicos, elétricos e no ar condicionado do seu veículo, seja ele nacional ou importado.

Também trabalha com a venda de baterias Moura e Zetta.

A loja fica localizada na Rua Augusto Monteiro 809 no centro de Caicó.

Aceita todos os cartões de crédito.

Contato nos fones: (84) 3421 1415 - 9.9623 4646 - 9.8802 4164


Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos

anigif-fgcell

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki morreu nesta quinta-feira (19), aos 68 anos, em um acidente aéreo. Ele já era viúvo e deixa três filhos. Membro do STF desde 2012, Teori foi o ministro responsável pelas investigações da Operação Lava Jato na Corte, tratando dos processos dos investigados com foro privilegiado. A morte de Teori foi confirmada pelo filho do magistrado Francisco Zavascki, em uma rede social.

Teori foi nomeado para o Supremo pela então presidenta Dilma Rousseff para ocupar a vaga de Cezar Peluso, que se aposentou após atingir a idade limite para o cargo, de 70 anos. Ontem, ele tinha interrompido o recesso para determinar as primeiras diligências nas petições que tratam da homologação dos acordos de delação de executivos da empreiteira Odebrecht na Operação Lava Jato.

Teori Zavascki nasceu em 1948 na cidade de Faxinal dos Guedes (SC), e é descendente de poloneses e italianos. Aprovado em concurso de juiz federal para o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em 1979, ele foi nomeado, mas não tomou posse. Advogado do Banco Central de 1976 até 1989, chegou à magistratura quando foi indicado para a vaga destinada à advocacia no TRF4, onde trabalhou entre 2001 e 2003. De 2003 a 2012, Zavascki foi ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Respeitado nas áreas administrativa e tributária, Zavascki também era considerado minucioso em questões processuais. “Espero que todos os bons momentos apaguem minha fama de apontador ou cobrador das pequenas coisas”, brincou, ao se despedir da Primeira Turma do STJ, antes de ir para o STF. O ministro declarou em diversas ocasiões ser favorável ao ativismo do Judiciário quando o Legislativo deixa lacunas.

Atuação na Lava Jato

Ao longo de sua atuação como relator da Lava jato no STF, Zavascki classificou como "lamentável" os vazamentos de termos das delações de executivos da Odebrecht antes do envio ao Supremo pela Procuradoria Geral da República (PGR).

Entre suas decisões relativas à operação estão a determinação do arquivamento de um inquérito contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) , a transferência da investigação contra o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para Sérgio Moro e a anulação da gravação de uma conversa telefônica entre Lula e a ex-presidenta Dilma Rousseff. Além disso, Teori negou um pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que investigações contra ele, que estão nas mãos do juiz Sérgio Moro, fossem suspensas e remetidas ao Supremo.

Sobre as críticas recorrentes de demora da Corte em analisar processos penais, Teori disse que "seu trabalho estava em dia". No fim do ano passado, Zavascki disse que trabalharia durante o recesso da Corte para analisar os 77 depoimentos de delação premiada de executivos da empreiteira Odebrecht que chegaram em dezembro ao tribunal.

Durante seu trabalho na Lava Jato, chegou a criticar a imprensa. Ele disse que decisões sem o glamour da Lava Jato, operação na qual ele foi relator dos processos na Corte, muitas vezes mereceram pouca atenção da mídia. Ele também relativizou os benefícios do foro privilegiado, norma pela qual políticos e agentes públicos só podem ser julgados por determina Corte.

"A vantagem de ser julgado pelo Supremo é relativa. Ser julgado pelo Supremo significa ser julgado por instância única", afirmou o ministro, acrescentando que processos em primeira instância permitem recursos à segunda instância e ao STJ, além do próprio Supremo. "Não acho que essa prerrogativa tenha todos esses benefícios ou malefícios que dizem ter", comentou Zavascki.

Certa vez, ao participar de uma palestra na Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) ele disse que achava “lamentável” que as pessoas que obedecem as leis são, algumas vezes, taxadas pejorativamente no Brasil. "Em muitos casos, as pessoas têm vergonha em aplicar a lei. Acho isso uma coisa um pouco lamentável, para não dizer muito lamentável", afirmou o ministro.

O acidente

Um avião caiu na tarde de quinta-feira (19) no mar de Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente foi próximo à Ilha Rasa. O avião saiu de São Paulo (SP) e caiu a 2 km de distância da cabeceira da pista. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), outras três pessoas estavam a bordo. Na hora do acidente, chovia forte em Paraty e a região estava em estágio de atenção.



Detentos divulgam vídeo com feridos em Alcaçuz e pedem socorro

anigif-fgcell

Em uma enfermaria improvisada na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Flores, os presos divulgaram um vídeo com pelo menos quatro feridos após o confronto entre as facções criminosas na disputa pelo domínio da unidade prisional.

Com o rosto coberto por uma camisa, um dos apenados pede ajuda para socorrer os feridos e acusa os guariteiros de utilizar munição letal na tentativa de controlar o motim. Apontado para um dos colegas no chão, o bandido diz “atirou aqui no irmão nosso de fuzil”.

“Não estão mandando reforço para nós [sic]. Não estão mandando ambulância, não estão mandando nada. Eles querem tirar não, querem deixar os irmão [sic] morrer tudo aqui dentro de Alcaçuz”, reclama o detento.

Confira o vídeo:


No Minuto

Nesta quinta tem PROMOÇÃO na Pizzaria Nápoles com fatia por apenas 2,99 e entrega GRÁTIS


Pizza de vários sabores feita com capricho e no forno a lenha você encontra na Pizzaria Nápoles.

Todas as Terças e quintas tem PROMOÇÃO com fatias por apenas 2,99 a unidade, então não esqueça, quando bater aquela fome ou você quer um jantar especial com sua família ou amigos, vá na Pizzaria Nápoles que tem um ótimo atendimento e não deixa você esperando.

A Pizzaria Nápoles ainda trabalha com ENTREGA GRÁTIS de terça a sexta a partir de uma pizza.

Pizzaria Nápoles fica localizada no Calçadão no centro de Caicó, fone para contato e pedidos (84) 3417 6262 ou 99821 4973

anigif-pizzaria

Polícia entra em Alcaçuz para retomar controle de presídio

anigif-fgcell

Após o reinício da rebelião na manhã desta quinta-feira (19), policiais militares do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) entraram mais uma vez na Penitenciária Estadual de Alcaçuz para tentar retomar o controle da unidade.

Nesta nova rebelião, os presos das duas facções que comandam o presídio voltaram a se enfrentar em uma luta campal resultando em mais mortes. No final da tarde, apenados atearam fogo em um dos pavilhões. Uma enorme cortina de fumaça preta saía de dentro do presídio.

Mais cedo, o governador Robinson Faria havia informado que as forças policiais iriam tomar o controle do presídio ainda hoje com uma espécie de ‘parede humana’ para separar as facções PCC e Sindicato do RN. Os policiais permanecerão no local até a construção de uma parede. Por volta das 16h30 presos atearam fogo no pavilhão 3. De longe era possível ver a fumaça preta que saía do pavilhão.

Possivelmente novos mortos serão encontrados no local em um cenário cada vez mais parecido com uma guerra. “Os presos estão armados e se matando”, disse o major Eduardo Franco, da assessoria de comunicação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

Vídeo mostra preso com arma de fogo durante batalha em Alcaçuz

anigif-fgcell

Do G1 - Um vídeo feito durante a batalha campal entre presos de duas facções criminosas dentro da penitenciária estadual de Alcaçuz na manhã desta quinta-feira (19) flagrou o momento em que um dos detentos portava uma arma de fogo e atirava contra os rivais. As imagens foram captadas pela equipe da GloboNews.

Pela imagem não é possível ver se o disparo atinge alguém. De acordo com a Polícia Militar, há relatos dos próprios presos de que há mais mortes dentro de Alcaçuz após o confronto desta quinta.

Os presos chegaram a atirar contra uma guarita onde estavam policiais e agentes penitenciários. Nesta ação, estilhaços de um dos disparos atingiu a cabeça de Ivo Freire, diretor da penitenciária. Além da arma de fogo, os detentos usam facas artesanais, facões e barras de ferro.

No final desta tarde, a Polícia Militar, através do Batalhão de Choque e do Bope, entrou em Alcaçuz para tentar tomar o controle da penitenciária.

No último final de semana, 26 pessoas morreram em uma rebelião - nesta quinta, houve outro confronto entre as facções, também com mortes, mas o número de vítimas não foi informado. Segundo a PM, os presos "estão armados e se matando".

Segundo o governador, a entrada dos policiais visa "permitir a construção de uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”. Os policiais farão uma "corrente humana", e permanecerão dentro da penitenciária até a construção de uma parede física que possa separar os presos.


Dra. Vanessa Santana fala sobre o problema de Cárie na infância



Um problema grave que pode gerar dor, perda de dentes, problemas na fala, dentes permanentes tortos, baixa auto-estima.

A cárie está relacionada à desmineralização do dente, que ocorre quando tipos específicos de bactérias produzem ácidos que destroem o esmalte do dente e a camada do dente logo abaixo dela, a dentina.

Nos casos de crianças pequenas lembrar de sempre limpar a gengiva e os dentes depois de qualquer alimentação com um pequeno pano úmido e macio, com um pedaço de gaze, ou com uma escova para bebês. Com crianças mais velhas, use uma escova dental com cerdas macias para escovar seus dentes.

Leve seu filho ao dentista logo que aparecerem os primeiros dentes, assim ele poderá te dar as orientações necessárias.

A Dra Vanessa Santana atende na Clínica Freire localizada na Rua Renato Dantas (vizinho a Farmácia Pague Menos) no Centro de Caicó, Ligue e agende uma consulta pelos telefones: 3421-2602 ou 99962-2500

Emparn prevê chuvas em maior volume em 2017

anigif-fgcell

O Rio Grande do Norte deve receber chuvas em maior volume entre os meses de fevereiro e abril. Nas regiões Oeste e Central, o prognóstico é que as precipitações fiquem dentro da normalidade, variando de 400mm a 600mm. Já para o Agreste e Litoral a expectativa não é boa: as chuvas devem ficar abaixo da normalidade, variando entre 200 e 300mm. A análise foi feita durante o XIX Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, realizado esta semana em Fortaleza. De acordo com o relatório, há 35% de possibilidade de as chuvas ficarem abaixo da média histórica; 40% dentro da média e 25% de chover acima da média no RN.

O gerente de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot, que participou do encontro juntamente com pesquisadores de agências meteorológicas de vários estados do Nordeste e de agências internacionais, explica que há uma forte tendência de neutralidade nas temperaturas do Oceano Pacífico, excluindo assim a influência dos fenômenos El Niño e La Niña em maior intensidade. Essa indefinição aumenta a relevância da análise das diferenças de temperaturas entre o norte e o sul do Oceano Atlântico. Se a parte sul estiver mais aquecida, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) tende a se posicionar também ao sul da Linha do Equador, atuando de forma mais favorável às chuvas.

De acordo com Gilmar, essa análise deve ser feita bem próximo ao início do período chuvoso, dando mais confiabilidade à previsão. Além desses fatores, também são levados em consideração a atividade solar – que está entrando em queda – favorecendo assim a ocorrência de chuvas, e o fato de que ao longo dos anos os meteorologistas observam que após um período de seca intensa causada pelo fenômeno El Niño, se segue um período mais propício à ocorrência de chuvas. “2017 está se configurando como um ano de transição entre o período seco e o período chuvoso. As condições ainda não são ideias, mas acreditamos que o cenário de estiagem intensa não deve se repetir este ano”, afirma o meteorologista.


A pedido do Governo do Estado, Exército vai reforçar segurança nas ruas de Natal

anigif-fgcell

A pedido do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), as Forças Armadas irão reforçar a segurança nas ruas de Natal. A capital potiguar enfrenta uma onda de violência, com ataques a ônibus, delegacias e outros prédios públicos após a rebelião que terminou com 26 mortos Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Ao todo, 21 ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo do estado, um carro da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, três carros da secretaria de Saúde de Caicó (RN) e duas delegacias foram alvo de criminosos.

O pedido de envio das tropas foi feito hoje (19) ao presidente Michel Temer, que participava de evento em Ribeirão Preto.

Ao desembarcar em Brasília, Temer conversou com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, e autorizou o envio dos militares, principalmente do Exército, para a capital potiguar. A assessoria da Presidência da República não informou o tamanho do efetivo nem quando os agentes chegarão à Natal.

Presídios

Ontem (18), o governo do Rio Grande do Norte apresentou oficialmente ao governo federal a solicitação para que as Forças Armadas possam atuar na segurança dos presídios do estado.

Em entrevista após o evento em Ribeirão Preto, Temer reiterou que a atuação das Forças Armadas dentro dos presídios ficará restrita à inspeção. “E claro que elas vão cuidar dos presos, mas elas vão ter uma presença muito eficaz, muito eficiente nesta inspeção que farão ao longo do tempo, porque uma das coisas que agrava muito a questão dos presídios é a entrada de armas, celulares, etc", afirmou.

“Aparentemente, era uma questão só local, mas que começou a ultrapassar as fronteiras físicas e jurídicas dos estados brasileiros, gerando quase uma questão ligada à segurança nacional. Nós não podemos tolerar, a União não pode ficar inerte, não pode tolerar esses movimentos que estão sendo feitos”, disse o presidente ao justificar a necessidade de tropas nas penitenciárias.

Temer destacou que o governo destinou R$ 150 milhões para a detecção de celulares nas penitenciárias e que, nos próximos meses, serão construídos 30 novos presídios federais e estaduais.



Na A Dona do Lar você vai encontrar o jogo de cama La paz #karsten 200 fios disponível no tamanho quem



Na A Dona do Lar você vai encontrar o jogo de cama La paz #karsten 200 fios disponível no tamanho quem

Lá você ainda pode dividir suas compras em até 10x nos cartões.

Não esqueça, para ficar por dentro de todas as novidades e promoções curta a pagina da loja clicando aqui e fique por dentro de tudo que ocorre na loja.

A Loja A Dona do Lar esta localizada na Av. Rio Branco Nº 88 (em frente a Loja de Guigui Modas) no centro de Caicó.

O telefone para contato é 84 3417 4827





Há mortos e feridos neste 5º dia de rebelião no RN; inclusive diretor de Alcaçuz

anigif-fgcell

O quinto dia de rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, fez vítimas. A confirmação foi emitida pela Polícia Militar (PM) na tarde desta quinta-feira (19). Ainda não foram detalhados números de mortos. Tampouco de feridos. Outra informação oficial, no entanto, é a de que Ivo Freire, diretor da unidade prisional, a maior do estado, foi ferido por estilhaços provocado por um tiro, ele estava usando um capacete balístico do Grupo de Operações Especiais e por isso não se feriu. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança do Estado. Freire passa bem.

A situação, que saiu de controle durante esta manhã, com confrontos incessantes entre integrantes das facções PCC (Primeiro Comando da Capital) e Sindicato do Crime, ficou mais "tranquila" a partir das 14h. Os detentos, que haviam rompido as barricadas e se enfrentavam livremente, voltaram para os pavilhões.

Segundo o G1, no entanto, os rivais ainda atiram objetos e trocam ameaças. Mais cedo, nem a presença da PM conseguiu conter o confronto - os presos usaram pedras, barras de metal e vigas de madeira um nos outros. Disparos de armas de fogo eram ouvidos a todo instante. Também havia muita fumaça no local e internos ocupando o telhado.

Segundo o G1, foi necessário a polícia atirar balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo para conter a confusão. Ainda de acordo com a reportagem, há fumaça na parte interna e barulhos de tiros podem ser ouvidos por quem está próximo à penitenciária. A Folhapress divulgou que, por volta das 10h o helicóptero Potiguar I, da secretaria de Segurança Pública, chegou ao local para auxiliar na operação.

G1

Bandidos invadem secretaria de trânsito em Parnamirim, provocam pânico, ateiam fogo em motos e atiram em carro

anigif-fgcell

Bandidos armados invadiram a secretaria de trânsito da cidade de Parnamirim, na Grande Natal, e promoveram momentos de terror na tarde desta quinta-feira (19). De acordo com testemunhas, os marginais ameaçaram funcionários, e até fizeram reféns por momentos. Logo após, atearam fogo em duas motocicletas do órgão e ainda atiraram em viatura de trânsito.


Protetor solar Sunless, possui alta proteção contra os raios UVA e UVB, toque seco, que facilita a aplicação encontre na FTA Caicó



Sunless informa: em nosso filtro solar facial, você pode confiar! Ele possui alta proteção contra os raios UVA e UVB, toque seco, que facilita a aplicação, e ainda ajuda a prevenir o fotoenvelhecimento da pele. Nas versões com e sem base. Experimente e comprove todas as nossas vantagens!

A Farmácia do Trabalhador e dos Aposentados fica no bairro Barra Nova, na rua Manoel Gonçalves de Melo, 05, em frente ao antigo posto Galileu e ficam abertos das 7:30 até às 20 horas sem fechar para o almoço, lá você e seu bolso só ganham.

Eles aceitam todos os cartões e dividem tudo em até 3x sem juros, Descontos em todos os medicamentos, Promoção pague 3 leve 4 e pague 2 leve 3 promoções assim só lá na Farmácia do Trabalhador e dos Aposentados, sua saúde a preço baixo.

Fone para contato: 84 3417 6151 ou 9983 5535 veja mais visite nosso site, clique aqui


Governador diz que PM vai entrar em Alcaçuz e fazer 'paredão humano'

anigif-fgcell

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), anunciou na tarde desta quinta-feira (19) que policiais militares entrarão na Penitenciária de Alcaçuz para separar as duas facções que se enfrentam no local. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que os policiais formarão um "paredão humano".

Diante do presídio, policiais da Força Nacional e da PM se preparavam para entrar na tarde desta quinta. Por volta das 16h30, presos atearam fogo no pavilhão 3 da unidade.

No último final de semana, 26 pessoas morreram em uma rebelião - nesta quinta, houve outro confronto entre as facções, também com mortes, mas o número de vítimas não foi informado. Segundo a PM, os presos "estão armados e se matando".

Segundo o governador, a entrada dos policiais visa "permitir a construção de uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”. Os policiais farão uma "corrente humana", e permanecerão dentro da penitenciária até a construção de uma parede física que possa separar os presos.

Na entrevista, Faria disse ter sido ameaçado pela facção paulista de que iriam "tocar fogo em Natal" se houvesse a transferência dos seus chefes para presídios federais. O governo anunciou na quarta que havia pedido à Justiça a transferência. À noite, uma série de ataques ocorreu em Natal a ônibus e delegacias, entre outros locais.

A seguir, leia trechos da entrevista:

Operação para evitar matança
O governador afirmou que o batalhão de choque e forças especiais da PM do estado estão se preparando para entrar daqui a pouco em Alcaçuz, “para devolver e fazer um paredão humano até que tenhamos a construção de uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”.

“A curto prazo agora [o objetivo] é evitar uma nova briga, uma nova matança entre eles. Por isso nós vamos entrar daqui a pouquinho, a operação vai começar já já. Em um segundo momento vamos transferir os presos das facções para presídios separadamente.”

Há risco?
"É claro que existe risco, mas é dentro da lei. A lei faculta o direito de a PM intervir em caso de extremos.”

Ordem: retomar o presídio
"A ordem é retomar a ordem do presídio, fazer uma corrente humana dentro, de policiais, separando eles, para acabar com essa folga de ficarem perambulando, e amanhã se inicia a construção de um paredão, de placas de concreto, para separar até você ter toda a remoção, no estado inteiro, de quem é PCC e quem é sindicato do crime.”

Polícia demorou?
O governador admitiu que achou que a entrada da PM nesta quinta demorou e, por ele, poderia ter ocorrido antes, mas afirmou que a polícia informou que estava se preparando, e que não poderia ordenar a entrada dos policiais sem que eles estivessem preparados. O governador afirmou que os policias vão permanecer dentro de Alcaçuz para evitar novos confrontos.

Desafio
"O Sindicato desafiou o governo, assim como o PCC também me desafiou, a minha integridade, se eu tirasse presos da Alcaçuz”.
Esquecer ou intervir?

“Você acha melhor a gente esquecer Alcaçuz, deixar todo mundo se matar lá dentro, ou tentar intervir para evitar uma nova tragédia?”

Negociação?
O secretário de Segurança Pública e Defesa do RN, Caio Bezerra, disse nesta quinta que o governo mantinha contato com os líderes das facções para tentar retomar o controle de Alcaçuz, e que eles foram informadas de que a polícia não iria mais permitir confrontos entre criminosos.

O jornal “O Globo” publicou reportagem afirmando que a paz no presídio foi negociada com o PCC. Questionado, o governador negou ter feito negociações: “Não houve negociação. Até porque ontem eu estava em Brasília, cheguei aqui ontem no final da tarde. Tanto é que o PCC me ameaçou, disse que ia tocar fogo em Natal. A mesma coisa o sindicato. Ou seja, se tivesse tido negociação Natal não estava sendo agora incendiada.”

“Não vou negociar. Vamos enfrentar. Não vou fazer nada fora da lei, mas vamos enfrentar, como enfrentamos agora e em todas as rebeliões que já aconteceram.”

'Evitar Carandiru 2'
O governador justificou por que motivo os policiais não entraram em Alcaçuz já na noite de sábado (13), quando ocorreu a primeira rebelião. "Naquela ocasião era noite. Eles estavam armados, nós escutamos vários tiros. Se eu ordenasse que a polícia entrasse em Alcaçuz, podia ser um Carandiru 2 [...] A polícia ia entrar, encontrar presos armados, violentos, e iria ter uma matança muito grande, tanto de policiais quanto de apenados. Eu não posso autorizar a polícia a entrar se ela não se sentir segura para entrar.”

“Nós entramos duas vezes, eu só proibi entrar no sábado à noite porque seria um Carandiru 2. Mas agora não há mais cela. Nós vamos entrar para evitar uma mortandade, essa vingança do sindicato do RN contra o PCC.”

Destruíram o presídio
Segundo Faria, não houve negligência por parte da polícia após a primeira rebelião. “A polícia entrou, recolheu o que pode recolher, recolheu armas. Agora, eles destruíram o presídio. Terá que ser feita toda uma nova reconstrução.”

“Essa guerra que está sendo agora, que vamos acabar já já, é de armas de pedaço de ferro, de pedaço de cano, do que foi destruído. Não foi negligência, não houve negociação, e não vai haver negociação porque o governador não autoriza negociação com quem quer que seja, nem com PCC, nem com Sindicato do RN.“

Presos desafiam o estado
“É muito difícil, mas temos que ter coragem e enfrentar. Já pedi ao presidente Temer que envie as Forças Armadas para proteger as ruas, a população (...). Eles estão [as facções] desafiando o estado. Cada vez estão mais aparelhados, e fica mais difícil, e o estado vai ficando menor.”

Bloqueadores de celular estão desligados?
O governador admitiu que os bloqueadores de celular do presídio estão desligados. "Desde sábado que eles [presos] conseguiram ter acesso ao setor de operações da empresa que instalou o bloqueador de celular, uma máquina blindada, mas isso será corrigido. Eles estão tão aparelhados que conseguiram ter acesso à central onde ficava o bloqueador."

Criminosos querem intimidar
“Eles querem intimidar [com os ataques pela cidade], fazer medo ao governo, para ver se o governo recua e negocia.”

Intenção: desativar ou reconstruir Alcaçuz
“Esse presídio foi feito já há mais de 20 anos. Foi um equívoco a escolha do local, uma área de duna, arenosa. Temos que depois discutir com o departamento do engenharia, desocupar Alcaçuz, fazer uma realocação, ou interditar de vez ou fazer uma reconstrução para tornar o presídio altamente blindado, seguro.”

Sistema prisional brasileiro faliu
"Temos que mostrar a verdade como ela é mesmo. O Brasil faliu o sistema prisional. (...) Agora que o presidente Temer resolveu fazer essa parceria com os governos estaduais."



Corpo do curraisnovense morto durante rebelião no Pereirão foi encaminhado para Natal

anigif-fgcell

O preso morto dentro da Penitenciária Estadual do Seridó, foi identificado como Mateus Murilo da Silva, de 20 anos, natural de Currais Novos/RN.

O ITEP encaminhou o corpo para ser necropsiado em Natal por causa da falta de médico legista em Caicó.

O preso Mateus foi ferido durante a rebelião, não resistiu e morreu. O ferimento foi no tórax.

A vítima cumpria pena por crime de tentativa de homicídio.

Sidney Silva


Que tal ter um sorriso mais bonito?



Na Clínica Freire você faz seu tratamento ortodôntico com os Aparelhos mais modernos e estéticos da atualidade. São os Aparelhos Autoligáveis, uma tecnologia que lhe favorece um tratamento com muito mais qualidade, e tão estético que muitos nem irão perceber que você está usando aparelho. Trata-se de sistemas inovadores que colocam seus dentes em posição correta com o uso de aparelhos transparentes ou invisíveis.

Dr. Kenny Freire, Ortodontia e Estética
CRO 4461

Ele atende na Clínica Freire que fica vizinho a Farmácia Pague Menos no centro de Caicó. Agende sua consulta pelo fone 84 3421 2602

Com celas quebradas em rebelião, direção tenta isolar presos em Caicó

anigif-fgcell

O diretor da Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, em Caicó, no Rio Grande do Norte, disse que os agentes penitenciários da unidade estão isolando os presos nas áreas que não foram danificadas para que sejam feitos reparos nas celas que foram quebradas durante a rebelião na noite desta quarta-feira (18). De acordo com Ubirajara Araújo, mais conhecido como Bira, um preso foi assassinado por outros detentos e cinco ficaram feridos.

Ele informou que o Pereirão tinha presos apenas de uma facção criminosa fundada no Rio Grande do Norte. No entanto, os detentos acabaram descobrindo que alguns presos de outra facção rival estariam na unidade e então decidiram se rebelar como resposta ao que aconteceu em Alcaçuz no final de semana.

"Nem mesmo nós sabíamos dessa informação de que tinha presos do PCC aqui. No entanto, houve essa rebelião ontem nos pavilhões A, B, C e D e os detentos que se dizem do Sindicato do RN tentaram pegar esses outros que seriam da facção rival", comentou o diretor.

Durante a rebelião, colchões foram queimados, grades quebradas e os presos subiram no telhado dos pavilhões, quebrando também telhas. Ubirajara Araújo informou que o preso morto foi identificado como Matheus Murilo da Silva, de 20 anos. Ele era natural de Currais Novos e cumpria pena em Caicó por tentativa de homicídio.

Além do detento morto e dos cinco feridos, outros dois passaram mal durante a rebelião e tiveram que ser socorridos. "Desde a manhã desta quinta-feira a situação está tranquila, mas estamos fazendo a reorganização dos presos até que as celas danificadas sejam reparadas".

Avião cai no RJ e ministro do STF Teori Zavascki estava na lista de passageiros

anigif-fgcell

O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki estava na lista de passageiros do avião de modelo Beechcraft C90GT, prefixo PR-SOM, que caiu nesta quinta-feira no litoral de Paraty, no Sul do Rio de Janeiro, segundo informações da assessoria de imprensa do STF. Não há confirmação de que ele tenha embarcado na aeronave. O filho do magistrado, Francisco Zavascki, disse a VEJA que esperava por “um milagre”. “Infelizmente, o pai estava no avião que caiu”, afirmou.

Segundo ele, a família do ministro tem informações não confirmadas de que existiria um sobrevivente. Os familiares do magistrado, relator dos processos da Operação Lava-Jato, estão reunidos em Porto Alegre.

O avião saiu do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo, às 13h (horário de Brasília), com destino ao aeroporto de Paraty. A aeronave caiu no mar à tarde, quando chovia bastante na região. O Corpo de Bombeiros não tem informação sobre nenhum sobrevivente. A corporação foi acionada às 14h15 e ainda não teve acesso à lista de passageiros. Uma equipe de mergulhadores e o grupamento marítimo foram acionados para fazer as buscas.

A presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, telefonou para o presidente Michel Temer para pedir ajuda para confirmar se o magistrado estava ou não a bordo da aeronave. O avião Beechcraf pertencia ao Grupo Emiliano, dono de uma cadeia de hoteis. O grupo ainda não ainda não se pronunciou sobre o acidente.

A aeronave, prefixo PR-SOM, modelo C90GT é da Beechcraft, fabricada em 2006. O avião é um turbohélice bimotor com capacidade total de oito pessoas, sendo sete passageiros. Os certificados de vistoria valiam até 2022.



Verão chegou e o que a gente gosta mesmo é das cores, vem conferir as novidades e promoções da On Line!



Verão chegou e o que a gente gosta mesmo é das cores, vem conferir nossas novidades e promoções! Use @onlineformenoficial !

Localização: A loja On Line For Men em Caicó está localizada na Av. Coronel Martiniano 751 no centro.

Contato: (84) 3421 2199


Mais Notícias